Nutricionista dá dicas de como se alimentar sem extrapolar a dieta nas festas de fim de ano

Thamires Corrêa frisa que é importante incluir opções saudáveis junto aos pratos tradicionais

Nutricionista dá dicas de como se alimentar sem extrapolar a dieta nas festas de fim de ano

Foto: UNIMED CATANDUVA - Nutricionista Thamires Corrêa apresenta dicas para driblar as tentações

Da Reportagem Local
Publicado em 18/12/2021

Com a chegada das festas de Natal e Ano Novo, e também das confraternizações entre familiares, amigos e trabalho, fica fácil render-se ao impulso e experimentar os mais variados alimentos servidos à mesa. Um cardápio atraente, porém, traiçoeiro para quem se dedicou ao longo do ano a uma alimentação saudável e que propicia melhor qualidade de vida.

A nutricionista Thamires Corrêa, que atua na Medicina Preventiva da Unimed Catanduva, apresenta dicas de como cuidar da alimentação neste período sem perder a qualidade alimentar.

Segundo ela, é preciso planejar. “Nessa época, é comum escutar que é melhor deixar a dieta para o ano que vem. Porém, sempre reforço aos meus pacientes que dezembro tem 31 dias e, tirando a véspera e dia de Natal e Ano Novo, restam 27 dias para pensar sobre as confraternizações, priorizando a alimentação saudável e com qualidade”, explicou.

A nutricionista também faz um alerta: ficar sem se alimentar o dia todo para comer sem culpa durante a ceia não é a escolha certa. O ideal é alimentar-se de forma equilibrada, mesmo tendo à disposição uma diversidade de alimentos. “Comece por um café da manhã reforçado, com intervalo de frutas e iogurte, e faça um almoço mais leve acompanhado de legumes, verduras, saladas, que traz mais saciedade”, recomenda.

Thamires ressalta que o jejum pode ocasionar uma fome desenfreada durante a ceia, o que contribui para a ingestão de mais calorias do que o indivíduo realmente precisa. De regra, o segredo é: fracionar as refeições e alimentar-se sem extrapolar. Para manter-se hidratado, deve equilibrar a ingestão de bebida alcóolica e de água, intercalando entre um e outro. A propósito, quem fica responsável pelo preparo da ceia precisa se conter, evitando beliscar o alimento enquanto o faz.

O final de ano também permite pensar em mudanças. “Aproveite a oportunidade para planejar 2022 e investir em uma alimentação saudável. E lembrem-se: não deixem de se exercitar”, reforçou a nutricionista.

CEIA

Como tradição, alguns alimentos estão sempre presentes na ceia. Entretanto, Thamires lembra que é importante incluir opções saudáveis. Começar pela salada é uma boa pedida. Em relação às sobremesas, o consumo deve ser em pequena quantidade, optando por doces com menos calorias, como salada e sorvete de frutas.

Em relação às carnes, a sugestão é dar preferência aos assados, que são menos gordurosos. Outra dica é observar a quantidade ingerida de oleaginosas: geralmente presentes nas tábuas de frios, e apesar de consideradas saudáveis, elas são calóricas.