Mil catanduvenses deixaram de receber segunda dose da vacina contra a Covid-19

Secretaria de Saúde reforça que os faltosos devem comparecer a um dos pontos de imunização

Mil catanduvenses deixaram de receber segunda dose da vacina contra a Covid-19

Foto: DIVULGAÇÃO - Claudia Monteiro demonstrou preocupação e pediu para os moradores completarem o esquema de imunização

Myllaynne Lima
Da Reportagem Local

A Secretaria de Saúde de Catanduva divulgou que mil moradores não voltaram para receber a segunda dose da vacina contra a Covid-19. A pasta reforça que os faltosos devem comparecer a um dos pontos de imunização para completar o esquema vacinal.

“A importância é completar o calendário vacinal da Covid-19 e somente com a vacina teremos a segurança de combater o vírus”, ressalta a secretária de Saúde, Claudia Monteiro.

Ela destaca ainda que apesar da cidade ter imunizado 73% da população com uma dose, muitos não retornaram para a segunda aplicação da vacina e há preocupação com a variante Delta na região.

“Estamos com uma taxa de cobertura da primeira dose boa, porém, estamos com várias pessoas que não retornaram aos pontos de vacinação para completar o calendário vacinal. Nós temos uma variante em atenção no estado, não sabemos se está circulando aqui ou não, mas faço um apelo a todos para que procurem um ponto de vacinação”, frisa.

Para completar o esquema vacinal contra a Covid-19, são necessárias duas doses tanto da vacina do Butantan (intervalo de 28 dias) quanto da Fiocruz e Pfizer (12 semanas) – para esta última, o Governo de São Paulo aguarda envio de doses e oficialização do Ministério da Saúde quanto à redução do prazo para 21 dias.

Caso o prazo seja ultrapassado, é fundamental que o cidadão procure um posto assim que possível para orientações e para completar a imunização. O esquema vacinal da Janssen prevê apenas uma dose.

A Secretaria de Saúde e Instituto Federal atendem ao público das 8h às 16h. Já o drive-thru do Recinto de Exposições abre das 8h às 19h e aos sábados das 8h às 13h.

NO ESTADO

A Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo fez ontem (24) um novo alerta aos 1,27 milhão de faltosos que ainda não compareceram aos postos para tomar a segunda dose das vacinas contra COVID-19 para que concluam sua imunização.

O balanço de hoje contabiliza 715 mil pessoas que ainda precisam completar o esquema vacinal com o imunizante do Butantan/Coronavac, outras 511 mil da Fiocruz/Astrazeneca/Oxford e 47,7 mil de Pfizer. Por isso, a pasta reforça as orientações para que as pessoas retornem aos postos.