Grupo de orientação ao paciente retoma atividades no HCC

Esta semana, o Sino da Esperança do hospital tocou pela 500ª vez

Grupo de orientação ao paciente retoma atividades no HCC

Foto: Comunicação/FPA - Moradora de Catiguá foi a paciente de número 500 a tocar o Sino

Da Reportagem Local
Publicado em 06/10/2021

O grupo de orientação aos pacientes iniciantes no tratamento de Quimioterapia do Hospital de Câncer de Catanduva, o HCC, retomou suas atividades, após o período crítico da pandemia da Covid-19.  Os grupos são voltados para pacientes e acompanhantes, com orientações por parte da equipe multidisciplinar, composta por enfermeiro, psicólogo e assistente social.

“Desenvolvemos um espaço de acolhimento, quebra de paradigmas e estereótipos do conhecimento prévio de senso comum, possibilitando a troca de ideias e o sanar de dúvidas”, explicou a psicóloga Nínive Ferraz.  Todas as medidas de segurança e distanciamento para a prevenção do novo coronavírus estão sendo seguidas.

Esta semana, Maria dos Santos Marques, moradora de Catiguá foi a paciente de número 500 a tocar o Sino da Esperança do HCC, após passar por cirurgia, quimioterapia e radioterapia. “Descobri o câncer há um ano e já estou curada. Não teve fase difícil, mas por onde passei todo mundo me tratou tão bem que não me abalei em nada”.