Fundação Padre Albino fecha mais da metade dos leitos Covid

Decisão foi motivada pela queda da demanda, mas estrutura ficará disponível

Fundação Padre Albino fecha mais da metade dos leitos Covid

Foto: Comunicação / FPA - Hospital Emílio Carlos fechou 32 leitos e manteve 25 ativos

Guilherme Gandini
Editor-Chefe
Publicado em 27/10/2021

A Fundação Padre Albino, mantenedora do Hospital Emílio Carlos, referência para atendimento Covid-19 SUS para Catanduva e 18 municípios da região, diminuiu os leitos de Enfermaria, de 22 para 10, e de UTI, de 35 para 15. São 32 leitos a menos, no total, redução de 56%. A decisão foi motivada pela queda da demanda de pacientes e feita após tratativas com o Comitê Regional de Enfrentamento da Diretoria Regional de Saúde/DRS-XV de São José do Rio Preto.

A diretora de Saúde e Assistência Social, Renata Rocha Bugatti, informou que toda a estrutura vai ficar à disposição, caso seja necessária a reabertura dos leitos. “Paralelamente estamos retomando gradativamente os atendimentos não Covid”, acrescentou.

Apesar da retração dos casos e óbitos na região, Renata ressalta que ainda estão sendo registradas internações por Covid e por isso a população deve continuar mantendo as recomendações do uso de máscara, álcool em gel ou lavagem das mãos com água e sabão.

Ela cita como alerta reportagem publicada pelo jornal Folha de São Paulo na edição de segunda-feira, 25, que informou que “a Europa se tornou neste mês a única região do mundo em que casos de Covid estão em alta. Houve 1,3 milhão de novos infectados registrados de 12 a 18 de outubro, uma alta de 7% em relação à semana anterior e o terceiro salto seguido”.

De acordo com o Boletim Diário Covid-19 divulgado pela Fundação Padre Albino, a instituição atendeu quase 2 mil pessoas infectadas pelo coronavírus, de março do ano passado até ontem, dia 26. Foram 1.365 altas hospitalares de casos confirmados e 566 óbitos pela doença no período. Os números englobam pacientes de Catanduva e 18 municípios da região.

Atualmente, segundo o relatório de acompanhamento, há 17 pacientes internados nas alas Covid do Hospital Emílio Carlos. Na Enfermaria, são seis casos suspeitos de Catanduva e cinco suspeitos da região, todos pelo SUS. Já na UTI SUS, há três pacientes com suspeita, sendo apenas um da região, e três com diagnóstico positivo para Covid-19. Não há internados via convênios.