EMCAa vistoria mais de 1,6 mil imóveis em dois dias de mutirão na área central

Trabalho prossegue no Centro e, depois, abrangerá outros bairros

EMCAa vistoria mais de 1,6 mil imóveis em dois dias de mutirão na área central

Foto: PREFEITURA DE CATANDUVA - Trabalho inclui inspeção de ralos e outros locais de proliferação do mosquito

Da Reportagem Local

A Prefeitura de Catanduva, por meio da Equipe Municipal de Combate ao Aedes aegypti (EMCAa), vistoriou 1.657 imóveis, entre residências e estabelecimentos comerciais, em dois dias de mutirão contra o mosquito. A mobilização de mais de 60 agentes acontece na região central da cidade. Posteriormente, a ação abrangerá outros bairros.

De acordo com a EMCAa, o trabalho intensivo consiste na inspeção de ralos, local de proliferação do mosquito. Nas vistorias, os agentes orientam a população para fazer uma solução bem simples: salmoura, duas colheres de sal, dissolvidas em um litro de água e jogar no ralo, uma vez por semana. Os ralos inativos devem ser tapados.

“Além dessa recomendação também é importante lavar o potinho que os animais domésticos bebem água; manter os quintais limpos; eliminar recipientes que possam acumular água; retirar água dos pratos de plantas; colocar garrafas de cabeça para baixo, dentre outros cuidados”, frisa.

Conforme Boletim da Dengue atualizado na terça-feira, 21 de setembro, foram registrados 414 casos positivos da doença na cidade, este ano. Os números foram crescentes nos cinco primeiros meses, pulando de 24 em janeiro para 50 em março e 133 em maio. A partir daí, houve queda. Em agosto, foram quatro casos e, em setembro, apenas três.