CVV Catanduva reúne candidatos a voluntários nesta quarta-feira

Encontro virtual deve reunir quase 200 pessoas a partir das 19h30

CVV Catanduva reúne candidatos a voluntários nesta quarta-feira

Foto: DIVULGAÇÃO - Voluntários doam uma parte do seu tempo para o acolhimento de pessoas que passam por dor psíquica

Guilherme Gandini
Editor-Chefe

O grupo de candidatos a voluntários do Centro de Valorização da Vida – CVV de Catanduva se reunirá nesta quarta-feira, dia 25, com a equipe do CVV Nacional. O encontro virtual terá participação de quase 200 pessoas. A sala do Google Meet será aberta a partir das 19h30.

Estão confirmadas as presenças do coordenador geral do CVV de Bombinhas/SC e de representantes das unidades de Bauru, Ilha Solteira, Andradina e São José do Rio Preto.

A reunião com lideranças nacionais do CVV é uma das etapas do processo de implantação de um Posto de Atendimento do CVV em Catanduva. O núcleo oferece apoio emocional para prevenção do suicídio, atendendo pessoas que querem e precisam conversar.

O projeto tem como mantenedora a Aviva - Associação para Valorização da Vida, entidade criada para essa finalidade que tem Ivete Casseverini como presidente. A primeira reunião de candidatos a voluntários foi realizada no dia 10 junto às lideranças do município.

“A Aviva é a mantenedora e responsável pelo programa CVV para valorização da vida, ela reúne pessoas preocupadas com o aumento do índice de suicídio em nossa cidade e nosso país. Como profissional da área de psicologia, esse sempre foi um tema que mobilizou não só a mim, mas toda a equipe da área da saúde com a qual nós trabalhamos”, conta a presidente Ivete.

O CVV, segundo a profissional, é composto por voluntários que doam uma parte do seu tempo para o acolhimento de pessoas que passam por dor psíquica e que, muitas vezes, não tem com quem conversar ou falam com desconhecidos por receio de serem criticadas.

“Nós criamos a Aviva para oferecer uma ajuda solidária e de apoio emocional por telefone ou presencial e nosso desafio nesse momento é o de conseguir o maior número de voluntários. São pessoas que apresentem boa vontade e elas receberão um treinamento para ouvir, acolher, interagir com quem precisa desse atendimento. Por isso convidamos a todos”, frisa.

Segundo Ivete, a escuta salva vidas. “De cada dez suicídios, nove poderiam ter sido evitados se no momento do desespero o indivíduo se sentisse ouvido, respeitado, acolhido.”

PARTICIPE

Para que o CVV Catanduva se consolide, a participação de pessoas comprometidas com a valorização da vida é fundamental. Para participar do encontro e saber como se tornar um voluntário, basta enviar uma mensagem para o WhatsApp 17 99160-4689. O candidato será adicionado ao grupo Voluntários do CVV Catanduva, canal exclusivo para informações.