Adolescentes de Catanduva se emocionam ao serem vacinados contra a Covid-19

Município passou a vacinar jovens com 15 anos sem comorbidades

Adolescentes de Catanduva se emocionam ao serem vacinados contra a Covid-19

Foto: ARQUIVO PESSOAL - Gabriel, Giovana e Rafaela revelaram que estavam ansiosos para receber o imunizante

Myllaynne Lima
Da Reportagem Local

Após o Programa Nacional de Imunizações - PNI ter alcançando todos os adultos, adolescentes descrevem a sensação ao se vacinarem contra a Covid-19. Em entrevista ao O Regional, os irmãos Gabriel, Giovana e Rafaela revelaram que estavam ansiosos para receber o imunizante.

“A sensação de ter sido vacinada é incrível, é saber de todos os problemas e complicações que tivemos pra ela chegar até os nossos braços e ficar extremamente grato pelos profissionais e pela saúde pública por essa oportunidade”, relata Giovana Cespedes Furlan, de 17 anos.

Gabriel Furlan, também de 17, destaca que se sente melhor após receber a vacina. “Uma sensação de esperança, ver que o estudo é muito importante e que sem ele não estaríamos aqui, confesso que estou me sentindo melhor, feliz com a evolução da ciência e protegido graças à vacina.”

Rafaela Cespedes Furlan, 20 anos, também relatou o sentimento de esperança. “Confesso que nunca fiquei tão feliz em ver uma seringa como naquele momento, com tanto tempo de espera por ela, acredito que a primeira sensação é de esperança. Depois de muitos percalços e tristezas, a vacinação surge como um conjunto de esforços de tantos profissionais da saúde para que pudéssemos, finalmente, passar por esse período”, comentou.

Para a jovem, a felicidade completa virá com a segunda dose e a volta dos abraços. “Gostaria de deixar como principal mensagem o seguinte: acredite na ciência, informação de verdade vem de meios de comunicação confiáveis e precisamos pensar que o mundo inteiro se uniu para conseguir criar de maneira rápida vacinas eficazes. O Brasil sempre foi um exemplo em vacinação distribuída igualitariamente, é importante continuar com esse legado apesar dos que atrasaram tanto para esse legado continuar. Vacina salva e viva o SUS.”

ADOLESCENTES

Catanduva passou a vacinar jovens com 15 anos sem comorbidades. No momento da vacinação, é obrigatória a apresentação de documento de identidade com foto. Também é necessário portar CPF e comprovante de residência para que sejam vacinados somente moradores da cidade. O adolescente precisa estar acompanhado de um responsável.

Os pontos de vacinação são Secretaria de Saúde e Instituto Federal, com aplicação da vacina de segunda a sexta-feira, das 8 às 16 horas. Já no Recinto de Exposições, o atendimento é das 8 às 19 horas, de segunda a sexta-feira, e das 8 às 13 horas aos sábados.