• Daniele Jammal

Seis cidades da microrregião de Catanduva imunizaram metade da população contra Covid-19

Estão na lista Embaúba 52%, Itajobi 57%, Marapoama 55,5%, Santa Adélia 52,7%, Novo Horizonte 51,3% e Tabapuã com 52%


Myllaynne Lima

Da Reportagem Local


Foto: Divulgação - A ferramenta também divulga o número de doses aplicadas por município


Dados do Vacinômetro, ferramenta digital disponibilizada pelo Governo Estadual que divulga os números de vacinados no Estado de São Paulo, apontam que seis cidades que compõem a microrregião de Catanduva vacinaram metade da população contra a Covid-19.


De acordo com o painel, estão na lista Embaúba, com 52%, Itajobi (57%), Marapoama (55,5%), Santa Adélia (52,7%), Novo Horizonte (51,3%) e Tabapuã (52%). As informações foram atualizadas no sábado, dia 10, às 20h49.


A ferramenta também divulga o número de doses aplicadas por município. Em Embaúba, por exemplo, foram imunizadas 1.214 com a primeira dose, 430 na segunda dose foram e 60 pessoas com a dose única.


O Vacinômetro é alimentado diretamente com as informações do Vacivida, plataforma digital integrada para monitorar toda a campanha de vacinação contra a COVID-19 no Estado

Em Itajobi, 8.347 habitantes receberam a primeira dose do imunizante, 2.943 a segunda e 365 dose única. Já em Marapoama, 1.625 foram vacinados com a primeira dose, 578 com a segunda dose e 67 com a dose única.


Cerca de 7.846 santadelienses receberam a primeira dose, 2.287 a segunda e 357 a dose única. Em Novo Horizonte, 20.242 foram imunizados com a primeira dose, 6.281 com a segunda dose e 991 com dose única.


Por fim, em Tabapuã 6.278 receberam a primeira dose do imunizante, 2.136 a segunda e 225 a dose única.


Sobre o Vacinômetro

O Vacinômetro é alimentado diretamente com as informações do VaciVida, plataforma digital integrada para monitorar toda a campanha de vacinação contra a Covid-19 no Estado.


As informações são atualizadas diariamente, com base nos números alimentados pelos municípios. A ferramenta está disponível no site do Governo de São Paulo.



75 visualizações0 comentário