• Daniele Jammal

Repasses de impostos para Catanduva aumentam 21% no primeiro semestre

Valores liberados pelo Estado passaram de R$ 48,6 milhões para R$ 58,8 milhões



Foto: Divulgação - Totalização engloba ICMS, IPVA, Imposto sobre Produtos Industrializados para Exportação e Compensação Financeira



Guilherme Gandini

Editor-Chefe


Os impostos repassados pelo Governo do Estado de São Paulo ao município de Catanduva no primeiro semestre de 2021 aumentaram 21% no comparativo com o mesmo período do ano passado. O salto foi de R$ 48,6 milhões para R$ 58,8 milhões.


A totalização engloba valores referentes ao ICMS, ao IPVA, ao Imposto sobre Produtos Industrializados para Exportação (Exp-IPI) e à Compensação Financeira sobre Exploração de Gás, Energia Elétrica, Óleo Bruto, Xisto Betuminoso.​​

Estado depositou nesta terça-feira (13) mais uma parcela do ICMS

Nos números deste ano, de acordo com levantamento disponível no site da Secretaria Estadual da Fazenda e Planejamento, o maior montante se refere ao ICMS, que chegou a R$ 34,2 milhões. Já a quota referente ao IPVA foi de R$ 24,2 milhões.


O Estado depositou nesta terça-feira (13) mais uma parcela do ICMS. Os valores correspondem a 25% da arrecadação do imposto, que são distribuídos às administrações municipais com base na aplicação do Índice de Participação dos Municípios (IPM).


Catanduva recebeu R$ 1,3 milhão, chegando a R$ 2,4 milhões arrecadados com o ICMS no mês de julho. Os depósitos são semanais e realizados até o segundo dia útil de cada semana, conforme legislação.




19 visualizações0 comentário