• Daniele Jammal

Polícia Científica e GCM desarticulam esquema de fraude em curso de perito criminal

Estelionatários alugaram sala comercial na ACE e agiam nas redes sociais

Foto: DIVULGAÇÃO - GCM esclarece que o cargo de auxiliar de perito criminal é público, ou seja, é realizado mediante concurso


Da Reportagem Local


A Guarda Civil Municipal de Catanduva (GCM) e a Polícia Científica desmantelaram fraude de curso para auxiliar de perícia criminal. De acordo com o boletim de ocorrência, uma empresa de Santa Catarina, instalada em uma sala na Associação Comercial e Empresarial de Catanduva (ACE), oferecia a proposta de ensino pelas redes sociais.


Por meio de denúncia anônima, os agentes chegaram até a empresa que ofertava o curso e apreenderam um cadastro com sete pessoas interessadas. Diante dos fatos, o responsável pela empresa foi conduzido ao Plantão Policial. O delegado plantonista elaborou o BO como estelionato tentado. As vítimas não tiveram prejuízo financeiro.


A GCM esclarece que o cargo de auxiliar de perito criminal é público, ou seja, é realizado mediante concurso. O órgão também informou que a ACE não tem qualquer envolvimento com a empresa e que somente alugou o espaço.


Em nota divulgada à imprensa, a ACE reforçou que fez o alerta às autoridades assim que verificado que a empresa JG Sul Treinamentos, que alugou o espaço comercial, oferecia o curso para a função, apesar do cargo só ser ocupado por meio de concurso público.


“A ACE agradece o pronto atendimento das autoridades competentes, ao chefe de peritos do Instituto de Criminalística José Eduardo Basaglia e ao comandante da Guarda Civil Municipal”, enalteceu a entidade, presidida pelo economista Marcos Escobar.

30 visualizações0 comentário