• Daniele Jammal

Período prolongado de estiagem desperta atenção para risco de queimadas perto da rede elétrica

Chamas ocasionam sérios transtornos aos consumidores e serviços essenciais




Com a baixa incidência de chuvas dos últimos meses, o período prolongado de estiagem desperta a atenção para um problema recorrente em várias regiões do país: as queimadas. Sejam acidentais ou provocadas pela interferência humana, nas áreas urbanas e rurais, as queimadas trazem diversos prejuízos à comunidade, a natureza e à rede de energia elétrica.

O gerente de Operação da Energisa Sul-Sudeste, Tiago Luis Diorio Sanches, explica que as chamas causadas pelas queimadas em matas, terrenos baldios e outros lugares próximos às redes de baixa, média e alta tensão, são capazes de ocasionar sérios transtornos aos consumidores e aos serviços essenciais, devido à interrupção do fornecimento de energia elétrica.


“Mesmo sem atingir a rede diretamente, as queimadas colocam em risco a segurança da comunidade e a distribuição de energia. O calor intenso que provém das chamas pode danificar a estrutura da rede, como cabos condutores, postes, equipamentos do sistema elétrico e, consequentemente, causar a interrupção no fornecimento da energia para os clientes”, detalha.

Tiago orienta que, em caso de incêndios, a população precisa acionar imediatamente o Corpo de Bombeiros, pelo número 193, e se o incêndio estiver próximo aos cabos de energia elétrica, avisar também a Energisa.


“Nossas equipes são treinadas e capacitadas para agir de maneira rápida e segura com objetivo de eliminar o risco e garantir o abastecimento de energia elétrica”, frisa


Para evitar incêndios, tanto na área urbana quanto na rural, a Energisa Sul-Sudeste listou algumas dicas importantes:

– Não faça queimadas para limpar pastagem ou plantio agrícola; – Evite acender fogueiras, principalmente em locais perto da rede elétrica; – Quando acender uma fogueira, posteriormente apague as cinzas com água, para que o vento não leve as brasas para matas, terrenos baldios ou lixões; – Nunca jogue pontas de cigarro ou fósforos acesos em lixeiras, às margens de rodovias ou próximo a qualquer tipo de vegetação; – Não queime o lixo doméstico. – Vale lembrar que realizar queimadas próximo às linhas de transmissão constitui crime federal previsto no Decreto 2.661, de julho de 1998, que proíbe atear fogo numa faixa de 15 metros dos limites de segurança das linhas de transmissão de energia e de 100 metros ao redor das subestações.

Ao avistar um incêndio perto da rede elétrica, contate a Energisa pelo Aplicativo Energisa On ou Gisa – (18) 99120-3365 (assistente virtual da Energisa pelo WhatsApp).


Myllaynne Lima Da Reportagem Local

0 visualização0 comentário