• Daniele Jammal

PENEIRA FINA – 27/08/2021

Coluna – Sexta-feira

BOLSONARO EM CATANDUVA

Calma, não se espante. Leitor do Peneira Fina entrou em contato para lembrar, que na última quarta-feira, dia 25 de agosto, comemorou três anos da visita do então candidato à presidência da República, Jair Messias Bolsonaro, pelas ruas de Catanduva, quando realizou, mesmo rouco, um minicomício na praça da República, nas esquinas da rua Brasil com Alagoas. A comitiva de Bolsonaro ficou algumas horas na cidade, na manhã de um sábado, antes de se dirigir a Barretos, onde estava sendo realizada a Festa do Peão.


PALANQUE

No palanque de Bolsonaro em Catanduva, o locutor oficial era Major Olímpio, que foi eleito senador e no ano passado, mais uma vítima do Covid-19. Outros candidatos e candidatas que passaram pela Cidade-Feitiço na comitiva de Bolsonaro também foram eleitos: Eduardo Bolsonaro (federal), Joyce Hasselman (federal), Carla Zambelli (federal), Coronel Tadeu (federal), Janaina Paschoal (estadual) e General Petterneli (federal). Este último esteve recentemente na cidade, visitando o Tiro de Guerra. Mas dos nomes que citamos, com exceção de um ou dois, fica o questionamento: o que os outros que passaram por aqui, fizeram por Catanduva? Quais benefícios efetivos trouxeram para a cidade?


EXPLICANDO

Quando citamos benefícios efetivos, nos referimos a emendas já enviadas para o município, e não promessas ou ofícios de que um dia algo poderá acontecer... Como dizia o slogan daquela famosa revista: Aconteceu, virou Manchete!


DESCONTO NOS IMPOSTOS

O presidente da Câmara, Gleison Begalli (PDT) sancionou a Lei nº 6.193, de sua autoria, que concede descontos aos estabelecimentos comerciais nos Impostos Sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISSQN) e Taxa de Fiscalização e Funcionamento (TFF) que ficaram impedidos de exercer suas funções durante a pandemia. Para quem não se lembra, o projeto foi aprovado por unanimidade e depois vetado pelo prefeito Padre Osvaldo de Oliveira Rosa (PSDB), sendo por fim sancionado pelo Legislativo em forma de lei.


RAPIDEZ

O parlamentar já falou na tribuna, que quem se enquadrar no perfil da lei, deve apresentar requerimento junto a prefeitura de Catanduva, para obter o devido desconto em seu carnê. E por via das dúvidas, é bom ser rápido... Vai que a prefeitura apresenta uma ADIN - Ação Direta de Inconstitucionalidade e a lei perde o efeito... Já dizia o profeta, quem chega primeiro, bebe água limpa.


PIADINHA INTERNA

O amigo do Bob Esponja está precisando comprar diversos rolos de papel higiênico, para limpar a..... Uma dica: para este calor, compre Neve.


MÃOS AO ALTO

O Governo de São Paulo gastou R$ 21 milhões na compra de 10 mil pistolas 9mm e 200 carabinas para a Polícia Civil. Os armamentos serão submetidos a testes em até 10 dias e deverão ser entregues aos policiais no início de 2022. A compra foi feita por meio de pregão presencial internacional e as empresas vencedoras foram Glock America S.A e Israel Weapon Industries Ltda.


DR. SINVAL

Não é segredo para ninguém que o médico Sinval Malheiros, já é pré-candidato a deputado federal, anunciado aos quatro cantos pelo próprio médico. Dr. Sinval sairá pelo partido Podemos, na qual é presidente de honra do diretório municipal que também é composto por Wilson Farizatto (secretário), Lucas Soldan (presidente da Juventude), Pedro Tavares (vice-presidente da Juventude) e Sandra Oliveira, presidente do Podemos Mulher. Atualmente Malheiros é o primeiro suplente do partido para deputado federal.


AJUDINHA

A reforma eleitoral aprovada na Câmara, que ameaça com o retrocesso das coligações, pretende dar uma baita colher de chá ao Rede, partido de Marina Silva, e outros “nanicos” em vias de extinção por falta de votos. O Rede tem “ativos” valiosos, como suas relações com o Supremo e a ligação à causa ambientalista. Após 2018, quando elegeu só um deputado, entrou em declínio. As perspectivas para 2022 são ruins, mas resta a coligação.


DIVIDIR O BOLO

Com a volta das coligações e a criação da “federação de partidos”, agora é oficial: programas e ideologias serão secundários. A reforma estabelece, na prática, que partidos vão se aliar para faturar melhor no “rachuncho” dos fundos eleitoral e partidários bilionários. Coligação e “federação” preservam negócios gerados por partidinhos de aluguel. Na venda de tempo na TV, por exemplo, muitos ganham...


BARREIRA

Atualmente, dez partidos (PTB, Podemos, Psol, Novo, Avante, PCdoB, Cidadania, Patriota, PV e Rede) não atingem a exigência mínima da cláusula de barreiras para 2022: eleger 11 deputados federais.


INCÊNDIO

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Luiz Fux, realizou pronunciamento, ontem, jogando “lenha na fogueira” da briga com o presidente Jair Bolsonaro, ao mencionar “ameaças” de “ditadura sectária”, destoando dos esforços de políticos e até mesmo membros do próprio STF para reduzir a animosidade entre o Executivo e o Judiciário. Durante discurso em evento de investidores, um dia depois de o comandante do Exército elogiar publicamente a democracia, as liberdades e as instituições democráticas, o ministro voltou a falar em ditadura e dizendo que o pedido de impeachment de um ministro do STF é um “remédio extremo”.


A FRASE

“Transforme as pedras que você tropeça nas pedras de sua escada.” (Sócrates, filósofo)

1 visualização0 comentário