• Daniele Jammal

PENEIRA FINA – 25/11/2021

Coluna – QUINTA-FEIRA

CARNAVAL SUSPENSO

Na terça-feira publicamos nota comentando sobre o cancelamento do carnaval de Ibirá e, em seguida, citando sobre os festejos carnavalescos que não aconteceriam em Catanduva. Coincidência ou não, eis que na quarta-feira, durante o dia, houve movimentação entre os chefes do Executivo de 17 cidades e, no início da noite do dia 23, foi divulgada carta aberta em que as Prefeituras das cidades da região de Catanduva resolveram de forma unânime não realizar o Carnaval 2022.


CIDADES

O movimento conta com adesão das Prefeituras de Catanduva, Santa Adélia, Pindorama, Palmares Paulista, Catiguá, Ariranha, Novo Horizonte, Novais, Tabapuã, Elisiário, Paraíso, Urupês, Marapoama, Irapuã, Sales, Fernando Prestes e Vista Alegre do Alto. A carta foi assinada por todos os prefeitos dessas respectivas cidades.


CAUTELA E...

No documento, é afirmado que “o posicionamento coletivo é justificado como cautela, diante da pandemia da covid-19 que, apesar da queda nos indicadores de contaminação e, ao mesmo tempo, avanço da imunização, ainda exige atenção”. A carta cita a responsabilidade com a vida e alega que dentre os fatores está a questão de evitar aglomerações. “Economicamente falando, o panorama atual não possibilita que os municípios injetem recursos em evento desse porte, levando em conta as dificuldades financeiras enfrentadas pelas cidades”.


FESTIVIDADES

No final da carta, ao que tudo indica, as prefeituras pensam nas festividades, mas não de imediato, em um primeiro momento. “Com o compromisso de um governo humanizado, os prefeitos que assinam esta carta estão abertos ao diálogo tanto com as lideranças regionais, quanto municipais, na expectativa de que as festividades sejam retomadas, tão logo o cenário de instabilidade chegue ao fim.”


CLUBES PODEM

Em declaração, o prefeito Padre Osvaldo (PSDB) disse que o documento não vai proibir que clubes realizem festas carnavalescas, desde que respeitem os protocolos sanitários previstos no decreto estadual, como exigir comprovante da vacina.


CARNAVAL CLANDESTINO

Com o cancelamento do Carnaval em 17 cidades de nossa região, o que pode ser aguardado são as famosas “festas clandestinas”, ou mudando de nome, os “carnavais clandestinos” realizados em sítios e chácaras. Ontem já era sentido o movimento de alguns grupos se mobilizando para realizar esse tipo de evento. “Agora vai ser hora de ganhar dinheiro”, disse um dos membros em um aplicativo de mensagens.


FISCALIZAÇÃO REDOBRADA

Após o cancelamento, as prefeituras terão que redobrar a vigilância e fiscalização, para evitar os carnavais clandestinos.


MEDALHA ZUMBI DOS PALMARES

Hoje, a partir das 18 horas, haverá sessão solene na Câmara Municipal para a entrega da Medalha Zumbi dos Palmares. A honraria será entregue à professora Regina Aparecida Silva, uma figura de grande importância para a militância preta de Catanduva e região. Graduada em Pedagogia na Escola Barão do Rio Branco e Letras, na Fafica, atual IMES, aperfeiçoou-se em Educação para relações étnico-raciais pela NEAB-Ufscar. Foi coordenadora da Pastoral Afro Brasileira de Catanduva em meados dos anos 2000. Regina Aparecida da Silva é uma das fundadoras do Movimento Negro de Catanduva. A homenagem partiu da vereadora Taise Braz (PT).


ELEIÇÃO OAB CATANDUVA

Hoje, durante o dia, na Estação Cultura, será realizada a eleição para a escolha da nova diretoria da 41ª Subseção de Catanduva. Apenas uma chapa concorre, a Unidos pela Ordem, tendo como candidato a presidente o advogado Nezio Leite.


RIO PRETO SEM CARNAVAL

Ontem, o prefeito de Rio Preto, Edinho Araújo (MDB), também anunciou o adiamento do Carnaval naquela cidade. O anúncio ocorreu durante reunião que marcou o fim do Comitê Gestor de Enfrentamento ao Coronavírus. De acordo com Edinho, a Prefeitura não vai dar apoio a nenhuma festa. Eventos particulares, no entanto, permanecem autorizados.


CANCELADO NÃO. ADIADO.

A organização do Caí na Folia, o Carnaval de Ibirá, anunciou ontem a nova data do evento, que estava previsto para acontecer entre os dias 25 de fevereiro e 1º de março, na avenida Mário de Carvalho Silva, que dá acesso a Termas de Ibirá. A 9ª edição do evento acontecerá, agora, entre os dias 17 e 21 de fevereiro de 2023. O festival estava programado para fevereiro deste ano, mas já havia sido adiado uma vez devido à pandemia do coronavírus. Em nota, a organização do evento disse que quem comprou os ingressos terá o dinheiro totalmente devolvido. Uma nova data será estabelecida em breve para a devolução.


SEM MÁSCARAS

Enquanto prefeitos estão cancelando o Carnaval 2022 com receio da pandemia do coronavírus, o governador João Doria (PSDB) anunciou ontem a flexibilização do uso das máscaras em ambientes abertos a partir do dia 11 de dezembro no estado de São Paulo. A medida foi atribuída à queda no número de casos e mortes em decorrência da Covid-19. A liberação deve acontecer em lugares como ruas e parques, que permitam o distanciamento. A máscara continua sendo obrigatória em espaços internos e também em áreas internas e para o transporte público no Estado.


A FRASE

“Não deixe o barulho da opinião dos outros abafar sua voz interior. E mais importante, tenha a coragem de seguir seu coração e sua intuição. Eles de alguma forma já sabem o que você realmente quer se tornar. Tudo o mais é secundário.” (Steve Jobs, empresário, inventor americano, fundador e ex-presidente da empresa Apple)

11 visualizações0 comentário