• Daniele Jammal

PENEIRA FINA – 21/10/2021

Coluna – QUINTA-FEIRA

SETE APROVADOS

Os vereadores da Câmara Municipal de Catanduva realizaram, na terça-feira passada, mais uma sessão ordinária, sendo que das 16 matérias que estavam na pauta, sete projetos foram aprovados, além de dois vetos do Executivo. Quatro projetos receberam pedido de vistas, um foi devolvido ao Executivo e outro foi retirado pelo autor.

TODOS JUNTOS

A última sessão da Câmara Municipal foi marcante para os vereadores desta gestão. Foi a primeira vez que todos puderam usar as mesas e as cadeiras sem o distanciamento dos protocolos sanitários. Desde que tomaram posse, os vereadores Maurício Ferreira (PDT) e Patrick Camelo Rolim Cesar (Republicanos) usavam duas mesas provisórias para manter a distância. Agora, todos em seus devidos lugares no plenário.


COMODATO

O presidente da Câmara de Catanduva, vereador Gleison Begalli (PDT), está requerendo ao prefeito Padre Osvaldo (PSDB) para destinar esforços junto à Direção da Fundação Padre Albino, no sentido de viabilizar a cessão do imóvel localizado na rua Municipal, nº 1.110, em regime de comodato, ou outro que viabilize a possibilidade de uso por parte da atual Administração Municipal. O imóvel foi sede da Associação dos Ferroviários e depois também usado pela Associação dos Aposentados e Pensionistas de Catanduva.


PROJETOS SOCIAIS

Gleison destaca que o imóvel teria a finalidade de instalar e promover projetos sociais, culturais, educacionais e esportivos “em benefício da população catanduvense, que ainda necessita de iniciativas desta natureza, a qual julgamos de extrema essencialidade para a construção e avanço de uma sociedade ainda mais justa e igualitária.” Uma excelente ideia para ser colocada em prática.


EM BRASÍLIA

O prefeito Padre Osvaldo e o seu secretário de Administração, Richard Casal, marcaram presença desde terça-feira em Brasília. O prefeito e seu fiel escudeiro visitaram diversos gabinetes de deputados na Câmara Federal, passando o “pires”, realizando pedidos para o município. Até a deputada federal Joice Hasselmann, agora no PSDB, recepcionou o padre em seu gabinete. A dupla catanduvense também foi no gabinete da senadora Mara Gabrilli (PSDB) solicitar recursos em benefício do projeto Corujas do Bem.


AÇÃO ENTRE AMIGOS

Estão sendo vendidos números de uma ação entre amigos para arrecadar recursos em benefício do adolescente Kauã Salino, de 12 anos. Ele é portador da Síndrome de Perisylviana, má formação que compromete a região da fissura de Sylvius. O dinheiro arrecadado servirá para ajudar com os gastos e, também, na compra de uma cadeira para carro que monitora a temperatura corporal e custa em torno de R$ 5 mil. Será sorteada uma cesta da Cacau Show, contendo várias opções de tabletes de chocolate e trufas e os números são vendidos por R$ 10. Os interessados em abraçar a causa devem entrar em contato pelo telefone (17) 99178-2630.


BARÕES EM IBIRÁ

E a cidade de Ibirá já começou os preparativos para a 9ª edição do CarnaIbirá, festa que tem o apoio da Prefeitura da Estância Turística e acontecerá entre os dias 25 de fevereiro e 1º de março de 2022. O grupo Barões da Pisadinha já é a primeira atração confirmada, prometendo ser o show principal do Carnaval 2022 que, ao todo, deverá contar com outras 19 atrações que ainda serão divulgadas, entre grupos, cantores e duplas de pagode, axé, funk e sertanejo. Enquanto isso em Catanduva.... Carnaval?!?!? Que carnaval???


RACHOU

O ex-deputado estadual Evandro Losacco (PSDB), vice-presidente do partido em São Paulo, declarou ontem apoio ao governador Eduardo Leite (PSDB-RS) nas prévias à presidência da República. Losacco é próximo do ex-governador Geraldo Alckmin (PSDB) e da família Trípoli. O anúncio, feito nas redes sociais, acende um sinal de atenção no grupo do governador João Doria (PSDB-SP), principal adversário de Leite, sobre as articulações dentro do ninho tucano em São Paulo. E aquele papo de união, de todos juntos por Doria??? Aonde fica agora... Situação delicada.


PACOTE DE MALDADES

Os deputados da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp) aprovaram, na noite de terça-feira, o Projeto de Lei Complementar 26, que altera as regras do funcionalismo público estadual. A reforma administrativa de João Doria, conhecida como “caixa de maldades para o funcionalismo”, passou apertada. Eram necessários, no mínimo, 48 votos. A proposta foi aprovada por 50 votos a favor e 29 contrários. O texto, enviado em regime de urgência pelo Governo do Estado em agosto, altera pontos como bonificação por resultado, acaba com a possibilidade de faltas abonadas e cria regra para contratar servidores temporários em caso de greve, dentre outros.


BOA NOTÍCIA

A pesquisa do Sindicato dos Hospitais, Clínicas e Laboratórios de São Paulo que acompanha a internação de pacientes com Covid-19 nas instituições privadas mostra que, em outubro, 80% dos leitos destinados à doença em UTIs estão vazios e 20% abrigam doentes em tratamento. Esperamos que realmente essa porcentagem de leitos vazios aumente muito mais em novembro.


A FRASE

“Muitas pessoas pensam que a felicidade somente será possível depois de alcançar algo, mas a verdade é que deixar para ser feliz amanhã é uma forma de ser infeliz.” (Roberto Shinyashiki, médico-psiquiatra, conferencista, empresário e escritor brasileiro)

12 visualizações0 comentário