• Daniele Jammal

PENEIRA FINA – 14/11/2021

Coluna – DOMINGO

LADOS OPOSTOS

Com as notas da Peneira e a manchete do jornal sobre o Grupo dos 7 em manter e não diminuir o orçamento da Câmara Municipal, o café da manhã de ontem foi servido com muita repercussão, discussão e opiniões opostas sentenciadas nas redes sociais. Alguns discordando plenamente sobre a emenda e que deve ser baixado o valor, como sinal de economia e austeridade. Outros concordando com os vereadores, e que deve sim deixar o valor no máximo, para que o Legislativo possa tomar as providências para diversos setores precários do prédio da Câmara.

CONVERSA

Ao tomar conhecimento que a emenda orçamentária foi protocolada, na tarde da última sexta-feira o presidente da Casa, Gleison Begalli (PDT), convidou os outros cinco vereadores da “Tropa Celestial” para uma conversa em seu gabinete. Ivan Bernardi (PRTB), Maurício Ferreira (PDT) e Nelson Tozo (PDT) marcaram presença e o bate-papo foi sobre o documento.

PRÓXIMO ROUND

Questionado pela reportagem de O Regional se teria alguma declaração a ser feita relativa ao assunto do Orçamento, o presidente do Legislativo disse que no momento não. Ao que parece, o embate das discussões será na tribuna Carlos Machado. Aguardem as cenas dos próximos capítulos, mas com “spoiler” do final...


PLACAR DE 7 A 5

Na próxima terça-feira, a Câmara de Vereadores de Catanduva realiza a 38ª sessão ordinária do ano, a partir das 17h30. A Ordem do Dia conta com o projeto de lei 128/2021, que estima a receita e fixa a despesa do município para 2022 e também a Emenda Orçamentária. O placar pela aprovação da emenda, se nada mudar até lá, já está cantado em verso e prosa: serão 7 votos a favor e 5 votos contra a emenda.


DINHEIRO ALIMENTAÇÃO

Na terça, após o embate do orçamento, a Câmara de Vereadores irá realizar a 27ª Sessão Extraordinária de 2021. A convocação foi feita pelo presidente do Legislativo, Gleison Begalli (PDT), para analisar em primeira discussão o projeto de lei 140/2021, da Prefeitura Municipal, autorizando o Executivo a substituir o cartão alimentação por pagamento em dinheiro do valor correspondente a ser depositado, mensalmente, na conta de cada servidor. Com o resultado do plebiscito em que os servidores aprovaram a mudança, o projeto deverá ser aprovado tranquilamente.


APOIO

Na última sessão da Câmara, na semana passada, vale um destaque: depois que o presidente da Casa de Leis subiu na tribuna e defendeu a redução orçamentária do Legislativo, apenas os vereadores do PDT (mesmo partido de Begalli), Maurício Ferreira e Nelson Tozo, foram a tribuna dar apoio à decisão do presidente. Os outros que integram a Tropa simplesmente emudeceram...


QUERO SER OUVIDA

Na terça-feira passada, a vereadora Taise Braz (PT) alegou que, sendo relatora da Comissão de Finanças, não foi consultada pela presidência da Casa para discutir o orçamento do Legislativo. Outros edis, no calor da discussão, chegaram a afirmar que seria obrigado a passar pela Comissão. O ex-vereador e advogado André Beck, em entrevista à rádio Vox FM, disse que o presidente da Câmara não necessitava discutir, pois seria atribuição do cargo definir a peça orçamentária. “Quando fui vereador, eu fui membro durante quatro anos da Comissão de Finanças e nunca fui consultado para isso.”


FAÇA O QUE EU DIGO

O que causa surpresa para muitos munícipes é ver a vereadora petista Taise Braz ir contra a economia dos recursos públicos. A nobre edil vai bater na tecla que a questão não foi discutida (e nem precisa obrigatoriamente ser), sendo uma atribuição exclusiva do presidente da Casa. Mas e a questão da austeridade, da redução de gastos, etc, onde fica?

RESTAURANTE SEM COMIDA

Faltando uma semana para o término do contrato, a empresa Nascente Refeições fez sem qualquer aviso a suspensão do atendimento do Restaurante Popular, localizado na rua Paraíba, deixando os usuários do local sem o almoço diário desde quinta-feira. A empresa assumiu a gestão da unidade em 2016. Agora a empresa sumiu da unidade. Ou seja, o que era nascente, agora virou poente...

NOVA MANCHETE

Empresa interrompe os serviços no Restaurante Popular e deixa a população sem refeições. Nesse caso, nem deram uma banana para o povo...


REINAUGURAÇÃO

Ontem de manhã, a Prefeitura fez o oba-oba, afirmando que estava inaugurando a praça Sérgio Luiz Theodoro, mas na verdade a praça já existia desde a gestão do ex-prefeito Geraldo Vinholi (PSDB). O que ocorreu foi uma reinauguração de um pequeno espaço no início da avenida Virgílio Mastrocola, entre as ruas Três de Maio e 14 de Abril e toda politicagem em torno do evento. Prefeito, vice, secretários e muitos vereadores estavam presentes na solenidade que teve como “mestre de cerimônias” o secretário de Administração, Richard Casal, além dos familiares do homenageado. A Prefeitura deu um “tapa no visual” na minipraça e nas ruas próximas e “taca-lhe” discursos.

MANIA VERDE

Será que Padre Osvaldo vai pegar a mania do ex-prefeito Afonso Macchione, que não podia ver um pedaço de terreno que já transformava em pracinha, mesmo se coubesse apenas dois bancos e uma luminária???

A FRASE

“Se sou amado, quanto mais amado mais correspondo ao amor. Se sou esquecido, devo esquecer também. Pois amor é feito espelho: tem que ter reflexo.” (Pablo Neruda, poeta chileno)

17 visualizações0 comentário