• Daniele Jammal

PENEIRA FINA – 12/11/2021

Coluna – SEXTA-FEIRA

DEU OS CANOS

Pela segunda vez consecutiva, o governador de São Paulo João Doria Jr. deu “os canos” em Catanduva e não compareceu presencialmente, ontem de manhã, na cerimônia de assinatura de convênios no Teatro Municipal Aniz Pachá. Segundo a assessoria do Palácio dos Bandeirantes, o temporal no final da tarde de quarta-feira causou estragos na cidade e nas proximidades do Aeroclube local, deixando a pista escorregadia, impossibilitando o pouso de aeronaves.


VIRTUAL

Doria participou do evento, de forma virtual, com a transmissão on-line. O prefeito de São José do Rio Preto, Edinho Araújo, esteve “in loco” e praticamente “perdeu viagem”. Já o prefeito de Catanduva, Padre Osvaldo (PSDB), mostrou ser um dos mais ativos cabos eleitorais do governador, rasgando elogios a Doria, para uma decepcionada plateia. Mas alegria, alegria, afinal era dia de assinatura de convênios...

PROTESTO

Enquanto as pessoas chegavam no Teatro Municipal, os munícipes Fernando Veteri e José Vendramini, moradores do bairro Pedro Nechar, na vicinal que liga Catanduva a Pindorama, realizaram protesto com faixas, cobrando do governador a prometida duplicação da rodovia Alfredo Jorge; e Padre Osvaldo, questionando cadê a rotatória do Pedro Nechar. Os dois que protestavam também fazem parte da diretoria do Sindicato da Saúde de Catanduva.


DISPENSÁVEL

A ex-deputada estadual Beth Sahão (PT), em vídeo nas redes sociais, disse “não acreditar que o governador Doria mais uma vez despreza a população de Catanduva e toda região.” Beth foi enfática: “tenha mais respeito por nossa cidade. Dispensamos sua visita a Catanduva, mas não dispensamos os recursos que têm que ser colocados para melhorar a vida da população.”


OBRAS NA VICINAL

O secretário estadual de Logística e Transporte, João Octaviano Machado Neto, foi o único da turma do Palácio dos Bandeirantes a estar presente no Teatro Municipal. Após a cerimônia, ele foi questionado pela reportagem de O Regional sobre a realização das obras da vicinal entre Catanduva e Pindorama. O secretário disse que era um compromisso público do governador, mas o outro questionamento veio de bate-pronta: mas em 2019 ele também anunciou a obra. Machado Neto foi rápido no gatilho: “mas agora temos recursos, pois no meio desse período que ele assumiu o compromisso, tivemos a pandemia que fez grandes mudanças do ponto de vista orçamentário. Agora o orçamento está recomposto e temos as condições de fazer o investimento.”

REAVALIAR OS PEDÁGIOS

Ao ser questionado sobre a instalação das praças de pedágio na região e qual seria o valor investido, o secretário estadual Machado Neto disse que “na verdade foi realizada uma audiência pública para avaliar todas essas questões. Agora, depois de todas as manifestações colhidas, nós voltamos aos estudos e nós vamos reavaliar em função de todas as sugestões que foram dadas nas audiências públicas.”

NÃO FUI EU

O tucano Luís Pereira marcou presença no evento no Teatro Municipal. Ao comentar a respeito do processo eleitoral movido por Beth Sahão, o vereador observou um detalhe curioso nos depoimentos prestados pelas testemunhas. De oito pessoas que compareceram à Polícia Civil, apenas uma admitiu ter recebido dinheiro de um candidato ao Legislativo - em troca de trabalho. Só que esse vereador, que teria pago, não era Pereira, mas sim um colega de PSDB, que acabou ficando na suplência. Quem será???


TUBULAÇÃO ANTIGA

Leitor entrou em contato com a coluna para questionar a revitalização da rua Brasil, principalmente no trecho entre a rua Paraíba e avenida São Domingos. Segundo o leitor, a Prefeitura teria primeiro que realizar um trabalho junto com a SAEC (Superintendência de Água e Esgoto de Catanduva) para troca das manilhas e toda a tubulação existente no local.


VAZAMENTO

O munícipe questionou se existe vazamento de esgoto naquele trecho, pois a parte hidráulica foi feita há muitas décadas, quando existiam poucos prédios naquele local. “Não sou contra a revitalização, mas já que vai fazer, que comece por baixo e atualize todo o sistema de esgoto”, disse o leitor. Agora com a palavra, os especialistas da SAEC.


ORÇAMENTO

E a novela do orçamento municipal de Catanduva ainda promete mais alguns capítulos e até reviravoltas. A palavra “Emenda Orçamentária” já começa a fazer parte do vocabulário de pelo menos sete vereadores e até de alguns membros do Paço Municipal...


PROVA DE VIDA

Os aniversariantes de junho e outubro devem se recadastrar até o dia 19 de novembro nas agências do Banco do Brasil ou até o dia 22 de novembro nas unidades da SPPrev para que o pagamento de seus benefícios não seja bloqueado. A prova de vida anual chegou a ser suspensa por conta da pandemia de coronavírus, mas voltou a ser obrigatória para inativos, pensionistas civis e militares no dia 1º de setembro. Os beneficiários que fazem aniversário de janeiro a abril estão dispensados do recadastramento neste ano e deverão fazer a atualização somente em 2022.

A FRASE

“Não existe nada de completamente errado no mundo, mesmo um relógio parado consegue estar certo duas vezes por dia.” (Paulo Coelho, escritor)

21 visualizações0 comentário