• Daniele Jammal

PENEIRA FINA – 04/01/2022

Coluna – TERÇA-FEIRA

APARECEU A PRAÇA

Podemos dizer que publicamos a reclamação de um munícipe no ano passado, mas na verdade foi algumas semanas atrás, e ao que tudo indica, o pessoal da Prefeitura e da Secretaria Municipal do Meio Ambiente está lendo O Regional e a coluna Peneira Fina. Colocamos sobre o mato alto que estava em uma pracinha na vila Santo Antônio. Na semana passada, a equipe deu um 'trato' na praça localizada na esquina das ruas Teresina com Pinhal. E eis que surgiram os bancos e os canteiros. Como diria o Papa, agora “habemos” uma praça.


MATO ALTO

Um morador defronte à praça disse que o mato estava com mais de um metro de altura e agradeceu à equipe do jornal pela publicação e solução do problema.

UM ANO

No último sábado, no primeiro dia do ano, a administração Padre Osvaldo (PSDB) completou um ano. Foram 365 dias de acertos e erros. Houve troca de secretários, dispensa do Gerente de Turismo (e até hoje sem reposição do cargo que muitos dizem não ter motivo para existir), um lockdown realizado às pressas, com pressão popular e do Ministério Público.


VALORIZAÇÃO

A gestão de Padre Osvaldo focou principalmente na valorização do funcionalismo público municipal, conseguindo corrigir erros de outras gestões, pagando no primeiro mês de mandato a diferença do cartão alimentação e depois, em junho, o dissídio de 2015. A dívida foi 'criada' na gestão Geraldo Vinholi (PSDB) e 'empurrada com a barriga' na gestão de Afonso Macchione e Marta do Espírito Santo Lopes. Em dezembro, o chefe do Executivo ainda concedeu um “bom princípio de Ano Novo” no valor de R$ 400 no vale-alimentação.


BEM VINDA MAYA

Ao que tudo indica, este ano será das mulheres. O primeiro bebê de 2022 nascido na Maternidade do Hospital Padre Albino é menina. Maya Yasmin nasceu de parto normal, às 3h24 do dia 1º de janeiro, com 2.710 quilos e 47 centímetros. Ela é filha de Francielly Ferraz de Carvalho e André Vinicius Fragueiro do Nascimento, residentes em Catanduva.

AUMENTO DE CASOS

O número de casos positivos nos testes rápidos de Covid nas farmácias, que havia despencado nos últimos meses, voltou a subir durante as festas de fim de ano, de acordo com o monitoramento da Abrafarma (associação que reúne grandes redes farmacêuticas). O total de positivos saltou de 524 no dia 1º de dezembro, quando 10 mil exames foram feitos, para 5.334, do total de 31.332 exames realizados em 29 de dezembro.

FILAS

Em Catanduva, na última semana de dezembro e ontem, os laboratórios apresentavam filas de pessoas para realizarem o exame de Covid-19. Na última semana, as internações em virtude do Coronavírus no estado de São Paulo também voltaram a subir, passando de mil hospitalizações. Do jeito que a coisa está indo, precisamos colocar as 'barbas de molho' e redobrar os cuidados.

MORO SENADOR?

Com 9% das intenções de voto nas pesquisas de intenção de votos para presidente da República, considerado a terceira via no pleito nacional, o ex-juiz Sergio Moro ainda não decidiu se vai concorrer ao Palácio do Planalto, ou se lança mão do plano B: disputar uma cadeira no Senado. Interlocutores próximos de Moro afirmam que, se ele não chegar a 15% nas enquetes até fevereiro, vai abandonar a intenção de assumir o lugar de Jair Bolsonaro e abraçará a meta de ser senador em 2023.

VINHOLI AO SENADO

Para quem pensava que ele poderia sair candidato a deputado federal, enganou-se. O presidente da executiva estadual do PSDB de São Paulo, Marco Vinholi, quer disputar o Senado pela legenda em 2022. Aliado do governador João Doria (PSDB), ele chefia hoje a Secretaria de Desenvolvimento Regional de SP. O estado paulista terá apenas uma vaga na disputa pelo Senado neste ano. Alguns correligionários consideram que o secretário pode estar dando um passo maior que a perna. Membros do tucanato local já esperavam essa notícia.

DÚVIDA CRUEL

Agora já pensou se Sérgio Moro resolve sair candidato ao Senado por São Paulo. O leitor ficaria numa 'terrível dúvida cruel': votar em Moro ou Vinholi para o Senado.... Oh céus, que dúvida!!!

A FRASE

“Enquanto houver um louco, um poeta e um amante haverá sonho, amor e fantasia. E enquanto houver sonho, amor e fantasia, haverá esperança...” (William Shakespeare (1564-1616) foi dramaturgo e poeta)

25 visualizações0 comentário