• Daniele Jammal

PENEIRA FINA – 02/09/2021

Coluna – Quinta-feira

ALHOS COM BUGALHOS Um nobre edil quis misturar “alhos com bugalhos”, dizendo que as críticas que fizemos aqui seria uma “falta de respeito” com a data do Dia do Samba. De maneira alguma, não citamos tipo de população e consideramos que indígenas, orientais, afro-brasileiros, europeus, portugueses, brancos, cafuzos e qualquer gênero, podem sim gostar de samba. E tem também aqueles que não gostam e preferem outros gêneros musicais. Gosto não se discute e cada um tem o seu.


CRÍTICAS SIM Quando elogiamos, somos considerados bons e recebemos os parabéns. Quando criticamos, a escrita não presta e somos xingados. O maior problema da “pessoa pública” que recebe o salário, pago com dinheiro dos nossos impostos, é não aceitar críticas, pois prefere os bajuladores, os aduladores. Elogiamos sim, quando existem motivos, mas também criticamos, quando se faz necessário.


APROVADOS Na última sessão da Câmara Municipal os vereadores aprovaram nove projetos de lei em primeira e segunda discussão e dois projetos tiveram pedido de vistas por 10 dias.


NOVA ANÁLISE A vereadora Taise Braz (PT), no início da sessão da última terça-feira, apresentou um requerimento datado de 27 de agosto, sexta-feira, e informando que os membros da Comissão de Finanças e Orçamentos reuniram novas informações a respeito da prestação de contas de 2018, e que necessitava de nova análise, solicitando a desconsideração do parecer apresentado em 04 de agosto, sendo necessário um novo parecer.


PRIMEIRO PARECER Mas lembrando, no primeiro parecer, datado de 04 de agosto, a relatora da Comissão de Finanças e Orçamentos, a petista Taise Braz, destacou “no que tange as denúncias que viessem dar margem a algum procedimento que comprometessem as contas do Governo Municipal, elas embora existentes no parecer, não comprometeram as contas ora analisadas pelo E. Tribunal de Contas (...) ficando sobejamente comprovado que as contas do ex-prefeito municipal encontram-se perfeitamente alinhadas com a legislação pertinente. (...) a Comissão de Finanças acompanha o parecer do Tribunal de Contas, o qual manifesta a aprovação das contas do prefeito Afonso Macchione Neto.”


SEGUNDO PARECER No segundo parecer, ocorreu uma discordância na Comissão de Finanças. A relatora vereadora Taise e Carlos Alexandre - Gordo do Restaurante (PSDB), solicitaram rejeitar o parecer das contas, citando o pagamento de horas extras, a reforma do Teatro Municipal, ausência de placa da obra e também a falta de auto de vistoria do Corpo de Bombeiros nas unidades escolares e a ausência de alvarás da Vigilância Sanitária nas unidades de saúde. Além do parecer, apresentou um projeto de Decreto Legislativo sobre a rejeição das contas de 2018 . O outro integrante da comissão, vereador Nelson Tozzo (PDT) fez um parecer/voto separado favorável a aprovação das contas.


VISTAS Antes mesmo de ser votado, o vereador Maurício Gouvea (PSDB), solicitou mais um pedido de vistas pela presente sessão, e foi aprovado por unanimidade. Este é o terceiro pedido de vistas sobre a apreciação do processo do Tribunal de Contas. As contas de 2018 retornam na próxima sessão para serem discutidas.


ESTRANHA MUDANÇA Consideramos estranho, essa “repentina” mudança ocorrida no curto espaço de 27 dias, entre o primeiro e segundo parecer. O que ocasionou essa mudança? Fatos novos? Então no primeiro parecer, a relatora pode ser sido displicente e não absorveu todas as informações pertinentes ao processo???


INFLUENCIADOS Na esquina do pecado, as más línguas dizem que um grupo de sete nobres edis, gostariam de rejeitar as contas do ex-prefeito Macchione, mas para o veto ser aprovado, são necessários nove votos. Será? Até dizem que a mudança de postura ocorreu depois de uma visita a um outro ex-prefeito da cidade e até teve vereador indo junto, mas não saindo nas fotos. Como esse pessoal é maldoso....


OLHANDO O FUTURO Citamos aqui na Peneira, na última terça-feira, que os projetos de lei que estariam na ordem do dia, apenas em primeira discussão, poderiam ser votados em segunda discussão, em uma sessão extraordinária, caso algum vereador solicitasse. E adivinha o que aconteceu??? O vereador Mauricio Gouvea (PSDB) solicitou e foi aprovada pelo plenário que todos os P.L. apreciados e aprovados em primeira, fossem votados em segunda discussão. Isso que é limpar a pauta....


NOVIDADES NO DECRETO O prefeito padre Osvaldo (PSDB) publicou, no Diário Oficial, o Decreto nº 8.121, onde mantém o horário de atendimento até a 01:00 hora. A novidade é a proibição da venda de produtos e o atendimento a pessoas que não estejam acomodadas nas mesas e a proibição da venda de bebidas alcoólicas por qualquer estabelecimento após a 01h00 até às 05h00 da madruga. As regras serão válidas até o dia 15 de setembro.


BANDEIRA Ontem à noite, na quadra do Conjunto Esportivo, foi realizada a solenidade cívica referente a abertura da Semana Pátria. Houve o juramento a bandeira realizado pelos atiradores do Tiro de Guerra. A abertura do ato ficou a cargo do prefeito padre Osvaldo.


A FRASE “Necessitamos sempre de ambicionar alguma coisa que, alcançada, não nos torna sem ambição.” (Carlos Drummond de Andrade, escritor)

2 visualizações0 comentário