• Daniele Jammal

Parlamentar britânico é morto a facadas em igreja, no leste de Londres

David Amess, de 69 anos, era membro do Partido Conservador

Foto: REUTERS - Assassinato de David Amess é o segundo ataque fatal a um parlamentar britânico em sua zona eleitoral nos últimos cinco anos


Agência Brasil/Reuters


Um parlamentar britânico foi morto a facadas por um agressor que se lançou sobre ele, durante um encontro com seu eleitorado em uma igreja nesta sexta-feira (15), golpeando-o várias vezes. Políticos descreveram o ato como um ataque à democracia.


David Amess, de 69 anos, membro do Partido Conservador do primeiro-ministro Boris Johnson, foi atacado perto do meio-dia na Igreja Metodista de Belfairs em Leigh-on-Sea, ao leste de Londres.


"David era um homem que acreditava fervorosamente neste país e em seu futuro, e perdemos hoje um servidor público notável e um amigo e colega muito amado", disse o premiê britânico, que voltou do oeste da Inglaterra a Londres, às pressas, ao saber da notícia.


Não havia detalhes sobre o motivo do assassinato, o segundo ataque fatal a um parlamentar britânico em sua zona eleitoral nos últimos cinco anos, o que provocou questionamentos sobre a segurança dos políticos.


Policiais armados foram para a igreja, e paramédicos se empenharam em salvar a vida de Amess no chão da igreja - onde uma inscrição diz Todos são bem-vindos aqui: onde velhos amigos se encontram e estranhos se sentem em casa -, mas em vão.


"Lamentavelmente, ele morreu no local", informou a polícia. "Um homem de 25 anos foi preso por suspeita de assassinato e está sob custódia no momento. Recuperamos uma faca no local e não estamos procurando mais ninguém ligado ao incidente."

11 visualizações0 comentário