• Daniele Jammal

Corinthians arranca empate com Bragantino fora de casa no Brasileiro

Timão perdia por 2 a 0 até os minutos finais quando igualou o placar

Foto: Ari Ferreira/Bragantino - Apesar das chances do Timão, quem abriu mesmo o placar foi o Bragantino, aos 10 minutos


Agência Brasil


O Bragantino ganhava do Corinthians por 2 a 0 até os 44 minutos do segundo tempo, quando Renato Augusto diminuiu com um golaço e, seis minutos, depois, Gustavo Mosquito igualou o placar para o Timão na noite deste sábado (2), no estádio Nab Abi Chedid, em Bragança Paulista (SP), pela 23ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, o Massa Bruta e o Corinthians seguem, respectivamente, em quinto e sexto lugares na classificação geral, ambos com 34 pontos.


O jogo começou acelerado, com os dois times partindo para o ataque e criando boas oportunidades de balançar a rede. Aos três minutos, o meia Renato Augusto quase abriu o placar para o Timão com um chute de primeira, mas Cleiton evitou o gol.


Quatro minutos depois, Roger Guedes arriscou um chute colocado e novamente Cleiton salvou o gol do Massa Bruta. Aos 14 minutos foi a vez de Ytalo quase fazer de marcar de cabeça para o Bragantino, após cruzamento de Praxedes pela direita. O jogo seguiu movimentado. Aos 16 minutos, Renato Augusto invadiu a área e chutou forte, mas o goleiro Cleiton estava atento e defendeu. O ritmo do jogo foi diminuindo e a primeiro tempo chegou ao fim sem gols.


Nos primeiros segundos da etapa final, o Massa Bruta aproveitou falha na zaga corintiana e Cuello partiu em contra-ataque pela esquerda, mas ao cruzar o zagueiro Gil matou a jogada. Aos quatro minutos, Gabriel Pereira recebeu lançamento perfeito de Fagner, invadiu a área e por pouco não abre o placar, mas a bola passou por cima do gol. Cinco minutos depois, mais uma vez o Timão teve a chance de balançar a rede, com Roger Guedes, que se livrou da marcação antes de mandar um bomba na trave.


Apesar das chances do Timão, quem abriu mesmo o placar foi o Bragantino, aos 10 minutos, numa bola interceptada pelo meia Gabriel Pereira dentro da área, que acabou sobrando nos pés de Luan Cândido. O lateral mandou com vontade para o fundo das redes.


O Timão quase igualou o placar em seguida, com Renato Augusto que, da entrada da área, mandou um chute colocado, exigindo grande defesa do goleiro Cleiton. Aos 13 minutos, mais uma chance para o Timão com o colombiano Cantillo, que cara a cara com o goleiro Cleiton, chutou a centímetros do gol.


Para desespero do Corinthians, Hurtado fez o segundo do Massa Bruta, no rebote de Cássio, já os 38 minutos. O gol chegou a ser anulado pelo juiz por possível impedimento de Hurtado, mas foi confirmado dois minutos depois pelo árbitro de vídeo (VAR).


Os torcedores do Bragantino já comemoravam a vitória e o possível ingresso no G4 - zona de classificação para a Libertadores - quando o meia Renato Augusto começou a mudar a história do jogo aos 44 minutos, com um golaço. Ele tabelou com Fábio Santos, se livrou de dois adversários, antes de diminuir para o Timão. Já nos acréscimos, Gustavo Mosquito recebeu pela direita e empatou o jogo com uma bomba.


Outros resultados

Jogando no Castelão, com presença de público, o Fortaleza perdeu de 3 a 0 para o Atlético-GO. O sábado (2) também não foi bom para o Cuiabá, que também perdeu em casa, diante da torcida, para o América-MG, pelo placar de 2 a 0.

6 visualizações0 comentário