• Daniele Jammal

Casa de apoio celebra dez anos de acolhimento a pacientes e acompanhantes dos hospitais

Entidade foi criada para auxiliar pessoas que estão em tratamento hospitalar

Foto: DIVULGAÇÃO - Casa de Apoio de Catanduva completa dez anos de atendimento no dia 24


Myllaynne Lima

Da Reportagem Local


A Associação de Voluntários Irmã Ana Maria (Avoiam) completa amanhã, dia 24, dez anos de atendimento a pacientes e acompanhantes que vêm até Catanduva para fazerem tratamentos nos hospitais da cidade.


“Hospedamos pessoas que residem em cidades distantes que não têm condições de arcar com despesas e hospedagem. O apoio que proporcionamos aos acompanhantes tem uma visível mudança e evolução no paciente hospitalizado. Sua recuperação muitas vezes se dá mais rápida do que aquele que não tem uma pessoa da sua família por perto. Neste sentido, a Associação busca esforços diariamente para manter-se e sustentar a Casa de Apoio Catanduva e Barretos”, explica a presidente Ana Maria Custódio.


Segundo ela, a maioria dos pacientes e acompanhantes vem a Catanduva para tratamento de queimaduras. “A maior parte é por queimadura por álcool. Tivemos a graça de muitos se recuperarem, mas também tivemos as tristes notícias de perda, o que não é fácil para ninguém passar como a família que aqui convive conosco, não é menos doloroso para nós que acompanhamos juntos”, destaca.


Ela também fala sobre os desafios enfrentados para manter a Casa de Apoio. “Temos tido dificuldades para pagar aluguel e a equipe, mas com a graça de Deus e com ajuda do povo estamos superando e seguimos em frente. Passei por uma grande cirurgia de craniotomia em janeiro, mas já estou firme e forte na luta e nos atendimentos aos hóspedes e bazar. Deus abençoe a todos que nos ajudam a ajudar.”


As Casas de Apoio oferecem refeições, banho, local para descanso, apoio afetivo, espiritual e moral. Entre as pessoas que já passaram pelas unidades estão pacientes de Marília, Limeira D’Oeste, Mauá, Birigui, Barretos, Taboão da Serra, Garça, Embu das Artes, Caçapava e Piaçú.


Várias atividades são desenvolvidas ao longo do ano para colaborar com o trabalho realizado pela Irmã. Entre eles estão a Festa Junina, Leilão do Gado e o Bazar com roupas a preços acessíveis. Os interessados em contribuir e conhecer o trabalho da Avoiam podem entrar em contato pelo telefone (17) 3045-2854 ou diretamente na rua Maranhão, nº 1.048, Centro.

20 visualizações0 comentário