• Daniele Jammal

Bombeiros encontram sétima e última vítima de naufrágio em MS

Entre os 14 sobreviventes está o médico urologista Geovanne Furtado de Souza, professor da Fameca/Unifipa

Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros - Participaram do resgate mergulhadores de diversas unidades e da Marinha


Agência Brasil/Da Reportagem Local


O Corpo de Bombeiros de Mato Grosso do Sul encontrou na tarde de hoje (17) a última vítima do acidente de barco que tirou a vida de sete pessoas no Rio Paraguai, na altura da cidade de Corumbá (MS). Os corpos das seis outras vítimas já haviam sido encontrados. A identidade da sétima pessoa não foi informada pela corporação.


Participaram do resgate, que durou pouco menos de 48 horas, mergulhadores de diversas unidades, além de mergulhadores da Marinha. O barco naufragou na última sexta-feira (15), durante um vendaval na região.


Entre as vítimas fatais estão o pai, tio, cunhado e sobrinho do urologista Geovanne Furtado de Souza, professor da Faculdade de Medicina de Catanduva – Fameca/Unifipa, além de um amigo.


De acordo com os bombeiros, havia 21 pessoas a bordo do barco-hotel. As águas turvas do rio, a forte correnteza e as características peculiares do barco-hotel, com labirintos e locais de difícil acesso, tornaram as buscas mais complexas.


A retirada da embarcação do Rio Paraguai é de responsabilidade do seu proprietário. A Capitania Fluvial do Pantanal (CFPN), subordinada ao Comando do 6°Distrito Naval, já intimou o representante dos proprietários para a tomada de providências.

131 visualizações0 comentário