• Daniele Jammal

Bombeiro civil morre e oito pessoas seguem desaparecidas após desabamento em caverna

De um grupo de 28 pessoas, 18 saíram ilesas e uma ficou ferida

Foto: DIVULGAÇÃO/Corpo de Bombeiros - Bombeiros militares trabalham no resgate das vítimas


Agência Brasil/Da Reportagem Local


Atualização do Corpo de Bombeiros Militar de São Paulo informa que oito pessoas ainda estão desaparecidas após o desabamento, na madrugada de hoje (31), de uma gruta onde ocorria treinamento de bombeiros civis no município de Altinópolis, região de Ribeirão Preto. A morte de um bombeiro civil foi confirmada nesta tarde.


Os números das pessoas envolvidas no desabamento também foram atualizados pela corporação. No total, 28 pessoas participavam do curso de bombeiro civil realizado no local pela empresa Real Life Treinamentos, e não 26, como informado anteriormente. Uma pessoa foi retirada ferida da caverna (e não três, como informado pelos bombeiros inicialmente), oito ainda estão desaparecidas, uma morreu e 18 saíram ilesas.


Inicialmente a gruta Duas Bocas onde ocorreu o acidente foi identificada de forma equivocada como Itambé, a mais famosa da região, mas a informação acabou sendo corrigida posteriormente pelo Corpo de Bombeiros.


O resgate está sendo feito por 75 bombeiros e 20 viaturas, com auxílio do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e da polícia. Equipes da capital paulista estão sendo enviadas ao local, inclusive unidades do canil do Corpo de Bombeiros.


Pelo menos dois helicópteros Águia da PM foram mobilizado no resgate, que acontece em local de difícil acesso e sob forte chuva. Há risco de novos desmoronamentos.

49 visualizações0 comentário