Secretaria de Trânsito adota área para motos nos semáforos em projeto piloto

Objetivo é priorizar os motociclistas na abertura do semáforo para evitar colisões

Secretaria de Trânsito adota área para motos nos semáforos em projeto piloto

Foto: O REGIONAL - Placa e sinalização de solo indicam bolsão para motos nos semáforos

Guilherme Gandini
Editor-Chefe
Publicado em 11/12/2021

A Secretaria de Trânsito e Transportes Urbanos (STU) confirmou ao Jornal O Regional a adoção em formato experimental da chamada “área de espera para motociclistas” nos semáforos do cruzamento entre a avenida São Domingos e a rua São Paulo. O espaço de segurança foi demarcado no solo e placas de sinalização aérea instaladas no local.

A faixa de retenção, segundo a STU, atende pedido da vereadora Ivânia Soldati (Republicanos) e o ponto de implantação foi escolhido para o projeto piloto devido à possibilidade de adequação da via para a ação. “Mas ainda está em fase experimental e sob avaliação para possível implantação em outros cruzamentos que possibilitem”, acrescentou.

A área para motos foi uma das novidades do Código de Trânsito Brasileiro que entraram em vigor em abril de 2021. O objetivo é priorizar os motociclistas na abertura do semáforo, distanciando motos dos demais veículos para evitar colisões. Mesmo antes da aprovação da lei, muitas cidades brasileiras já utilizam o bolsão de segurança em suas vias.

A nova sinalização consiste em faixa de pedestre, faixa de retenção, área delimitada para motos, uma segunda faixa de retenção e espaço para os demais veículos. Com isso, fica criada uma área de acomodação exclusiva para veículos de duas rodas junto aos semáforos, atrás da faixa de pedestre e à frente dos demais veículos, que devem respeitar a segunda faixa.