Secretaria de Saúde promete contratar médicos e melhorar atendimento nos postinhos

Pacientes com sintomas respiratórios terão prioridade para evitar contaminações

Secretaria de Saúde promete contratar médicos e melhorar atendimento nos postinhos

Foto: DIVULGAÇÃO - Técnicos da Secretaria de Saúde estiveram no Conselho Municipal

Guilherme Gandini
Editor-Chefe
Publicado em 13/01/2022

A Secretaria de Saúde de Catanduva apresentou ao Conselho Municipal de Saúde, em reunião realizada na terça-feira, 11, uma série de ações com intuito de melhorar o atendimento aos pacientes com sintomas respiratórios. A sabatina foi convocada pelos conselheiros para cobrar iniciativas que confrontem o aumento de casos da Covid-19 e outras infeções respiratórias.

A principal medida prometida é a contratação de seis médicos para atuar nas unidades de saúde que apresentaram maior demanda de atendimento – para a UPA, foram contratados mais dois profissionais, já em atuação, conforme noticiado pelo Jornal O Regional.

Outra providência é a alteração no fluxo de atendimento dos postinhos dos bairros, que darão prioridade aos pacientes com sintomas respiratórios. Eles serão acolhidos pela enfermeira, que já realizará o exame RTPCR ou Antígeno, dependendo do caso e, com o resultado em mãos, o paciente passará pelo médico. A intenção é agilizar e diminuir risco de contaminação.

Além disso, foram colocadas tenda para abrigar os pacientes nas unidades de saúde do Nova Catanduva e do Nosso Teto; outra será instalada no posto do Solo Sagrado.

Questionados sobre a vacinação nos postinhos, os representantes da Secretaria de Saúde afirmaram que seria realizada reunião interna para tratar do assunto. Independente disso, foi confirmada a contratação de mais oito técnicos de Enfermagem para atuar na vacinação, devido ao aumento da procura. O intuito é chegar à aplicação de 1 mil doses por dia.

Participaram da reunião os conselheiros e membros da Comissão de Ações e Serviços em Saúde Benedito Carlos Rodrigues, Cátia Micheli Biase Zupirolli, Camila de Santis Silva, Natália Lourenço Costa Rosa – as duas últimas são representantes da Secretaria de Saúde. Também estiveram presentes os conselheiros César Augusto Gimenez e Doraci Conceição Alves, além da presidente do conselho, Neolita Soncin.

VACINAÇÃO

De acordo com o Conselho de Saúde, é possível afirmar que a vacinação está ajudando a manter os casos leves da Covid-19, com poucas internações e sem óbitos. “O que acarreta o aumento de atendimentos é a procura por atestado, porque o paciente tem que apresentar em seu local de trabalho, e a necessidade de realizar os testes e receber medicações”, frisou.

O órgão reforçou o pedido para que todas as pessoas mantenham os cuidados necessários como uso de máscara, lavagem das mãos, distanciamento social e evitem aglomerações.

SEM RESPOSTA

Referente à obrigatoriedade de os funcionários públicos estatutários estarem vacinados e o cancelamento de festas/show, a Secretária Municipal de Saúde estava em reunião no Gabinete, de forma simultânea ao encontro dos conselheiros, para tratar dos temas.

Ao final do dia, o conselho foi informado que o show do Raça Negra, antes previsto para janeiro, no Clube de Tênis, foi adiado para março. Não houve resposta sobre a exigência da vacina.

FILA DE ESPERA

A Secretaria de Saúde iniciou a mutirão de exames de ultrassom, dopller e raio-x, exames com fila de espera grande, a partir de contratação feita pelo Consirc - Consórcio Intermunicipal de Saúde da Região de Catanduva.

As cirurgias eletivas, iniciadas em dezembro de 2021, continuam sendo realizadas na Santa Casa de Novo Horizonte, com os pacientes já tendo retorno cirúrgico. Também começou a marcação das cotas de exames e cirurgias eletivas do Hospital Emilio Carlos.