Secretaria de Saúde de Santa Adélia monitora casal que esteve na África do Sul

Primeiros exames, feitos na segunda-feira, deram negativo para a Covid-19

Secretaria de Saúde de Santa Adélia monitora casal que esteve na África do Sul

Foto: DIVULGAÇÃO - Nova variante do coronavírus deixou governos em todo o mundo em alerta

Guilherme Gandini
Editor-Chefe
Publicado em 30/11/2021

A Secretaria de Saúde de Santa Adélia está monitorando duas pessoas que estiveram na África do Sul. O casal passou 20 dias no continente africano e, desde o retorno no domingo, 28, está em isolamento. Os exames feitos na manhã de segunda-feira, dia 29, deram negativo para a Covid-19, mesmo assim eles prosseguem em quarentena e repetirão os exames.

“Os parentes que tiveram contato com as duas pessoas também estão isolados e realizarão exames que, se derem negativo e todos permanecerem assintomáticos, serão liberados do isolamento, conforme protocolo sanitário. As duas pessoas seguem sem sintomas e monitorados pela Secretaria de Saúde até a realização dos novos exames”, informou.

A Secretaria de Saúde esclareceu, ainda, que recebeu somente no domingo, dia 28, as orientações da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) sobre como proceder em casos de pessoas vindas de países africanos, por isso os testes e isolamentos foram feitos na segunda de manhã.

O casal de Santa Adélia voltou ao Brasil no mesmo voo em que um dos passageiros, também vindo da África do Sul, testou positivo. O desembarque foi em Guarulhos, no dia 27, data em que a Anvisa recomendou medidas de restrição para voos procedentes de seis países africanos. O viajante que testou positivo está isolado. Não há confirmação se o caso é o da variante ômicron.