Saec revoga licitação que destinaria meio milhão para Floresta de Rio Preto

Área recebeu 38 mil mudas, mas foi alvo de incêndio no ano passado

Saec revoga licitação que destinaria meio milhão para Floresta de Rio Preto

Foto: DIVULGAÇÃO - Floresta do Noroeste Paulista recebeu mudas exigidas em licenciamento ambiental da ETE

Guilherme Gandini
Editor-Chefe

A Superintendência de Água e Esgoto de Catanduva (Saec) revogou a Tomada de Preços 02/2021, que previa a contratação de empresa com pessoal capacitado para manutenção de mudas já replantadas na Floresta do Noroeste Paulista, entre São José do Rio Preto e Mirassol. O processo tinha valor estimado em quase meio milhão de reais.

O investimento tem relação com Termo de Compromisso de Recuperação Ambiental (TCRA) firmado com a Cestesb. A área de preservação permanente, consumida pelas chamas em 2020, possui 23 hectares e foi cedida à Saec pelo Instituto Florestal.

“Vale ressaltar que o plantio das 38 mil mudas integra Termo de Compromisso de Recuperação Ambiental (TCRA) de 2009, firmado entre a Saec e Cetesb, com renovação em 2015, para cumprir o licenciamento ambiental das obras da Estação de Tratamento de Esgoto”, indica.

A manutenção, segundo a Saec, se dá pelo fato de que em agosto do ano passado o local foi alvo de incêndio criminoso, que resultou na destruição de parte das mudas, que foram replantadas. O edital prevê serviços de combate às pragas, monitoramento quanto às queimadas e trato para o crescimento de cada muda.

A Estação Ecológica, o Instituto de Pesca e a Floresta Estadual do Noroeste Paulista são consideradas áreas de preservação permanente. Na Estação Ecológica, pesquisadores da Unesp promovem, por exemplo, estudos a respeito de ecossistemas, genética e botânica.

A área tem total de 500 hectares (5 milhões de metros quadrados) e fica no limite dos municípios de Rio Preto e Mirassol, às margens da rodovia Washington Luís (SP-310). Está dividida em glebas pertencentes a diferentes instituições: Fatec, Unesp, Santa Casa de Misericórdia, Parque Tecnológico, além de áreas verdes públicas dos dois municípios.