RETROSPECTIVA FEVEREIRO: Vacinação ganha ritmo e Vaticano torna Padre Albino venerável

Catanduva destacou-se como a segunda de SP que mais vacinou contra a Covid-19

RETROSPECTIVA FEVEREIRO: Vacinação ganha ritmo e Vaticano torna Padre Albino venerável

Foto: REPRODUÇÃO - Papa Francisco promulgou decreto de reconhecimento das virtudes de Padre Albino

Myllaynne Lima
Da Reportagem Local
Publicado em 31/12/2021

O segundo mês do ano iniciou com a distribuição de 2,7 mil doses da CoronaVac para a vacinação de idosos com 90 anos. Além deles, também receberam a primeira dose os profissionais que atuam na Equipe Municipal de Combate ao Aedes aegypti (EMCAa).

Catanduva destacou-se como a segunda do Estado que mais vacinou contra a Covid-19 naquele mês. No ranking, que abrangia cidades com mais de 100 mil habitantes, São Caetano do Sul teve a campanha mais veloz com 8,1% da população vacinada. Na sequência apareceram Catanduva (7,2%); Botucatu (7%); Barretos (6,3%); Santos (5,8%) e a vizinha São José do Rio Preto (5,7%).

Outro destaque foram as faculdades ligadas à saúde que puderam retomar às aulas presenciais com 100% dos alunos. Os estudantes pertencentes ao grupo de risco para a Covid-19 que apresentaram atestado médico prosseguiram com as atividades por meios remotos.

Fevereiro foi marcado, ainda, pela autorização do Papa Francisco para a promulgação do decreto de reconhecimento das virtudes vividas em grau heroico de Albino Alves da Cunha e Silva, o Padre Albino, elevando-o ao título de venerável dentro da Igreja Católica – restando, a partir daí, mais duas etapas, no processo de beatificação, para ele alcançar a condição de santo.