Renovação de CNHs cresceu 87% na Ciretran de Catanduva, aponta Detran-SP

Ciretran catanduvense abrange também as cidades de Elisiário, Palmares Paulista e Paraíso

Renovação de CNHs cresceu 87% na Ciretran de Catanduva, aponta Detran-SP

FOTO: DIVULGAÇÃO - Do total de renovações, 44,8% foram digitalmente e 19,4 % presencialmente

Myllaynne Lima
Da Reportagem Local
Publicado em 27/10/2021

Levantamento realizado pelo Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (Detran.SP) mostra que entre janeiro e setembro deste ano houve crescimento de 87% na quantidade de renovações de CNHs na Ciretran de Catanduva, que abrange também as cidades de Elisiário, Palmares Paulista e Paraíso. Deste total, 44,8% foram renovadas digitalmente e 19,4 % presencialmente.

Entre janeiro a setembro de 2020 foram feitas 5.683 renovações, sendo 1.103 no formato digital e 4.580 presenciais. No mesmo período de 2021, foram 10.678, 4.779 digitais e 5.899 presenciais.

Vale lembrar que, devido à pandemia do coronavírus, os prazos para renovar a habilitação foram prorrogados e, com isso, a validade do documento, a partir de março de 2020, segue suspensa por tempo indeterminado, conforme determinação da resolução nº 828/21 do Contran (Conselho Nacional de Trânsito).

“Apesar da suspensão temporária dos prazos para renovação de CNH, o Detran.SP disponibiliza o serviço para o cidadão paulista. De forma rápida, segura e sem burocracia, os motoristas têm usado as plataformas digitais para manter a documentação em dia”, destaca Neto Mascellani, diretor-presidente do Detran.SP.

Após a solicitação e a realização do exame médico e/ou psicológico, é possível obter a nova CNH digitalmente pelo aplicativo Carteira Digital de Trânsito (CDT) e através dos Correios, onde o cidadão recebe o documento físico no endereço cadastrado no Detran.SP.

Os motoristas que estão com a habilitação vencida ou a vencer em 30 dias podem fazer o pedido de renovação da CNH, de forma online, pelo portal (www.poupatempo.sp.gov.br) ou aplicativo Poupatempo Digital.

O condutor, no entanto, não deve ter qualquer tipo bloqueio no prontuário, como suspensão, por exemplo. Utilizar a habilitação de maneira eletrônica é fácil. A CNH é acessada por meio de um código de segurança ou por meio de um QR Code presente no documento físico e é disponibilizada por um aplicativo, o CDT (Carteira Digital de Trânsito), da Serpro (Empresa de Tecnologia da Informação do Governo Federal).

Esse aplicativo está disponível nos principais sistemas operacionais dos telefones celulares e permite que o condutor gere a CNH sem precisar comparecer a uma unidade de atendimento do Detran.SP ou do Poupatempo.

Além do serviço digital de renovação da CNH, o órgão estadual de trânsito disponibiliza mais de 70 opções de serviços eletrônicos. Podemos destacar também: segunda via da CNH, licenciamento, transferência, registro e liberação de veículos, consulta de multas e de pontuação na habilitação, indicação de condutor, inclusão de exercício de atividade remunerada, adição e mudança de categoria da CNH, entre outros.