Prefeitura quer prorrogar contrato de gestão da UPA por mais 6 meses com redução de serviços

Número de médicos plantonistas diminuiria para reduzir custo mensal

Prefeitura quer prorrogar contrato de gestão da UPA por mais 6 meses com redução de serviços

Foto: O REGIONAL - Levantamento mostrou média de 6.000 atendimentos mensais

Guilherme Gandini
Editor-Chefe

A Prefeitura de Catanduva apresentou ao Conselho Municipal de Saúde pedido de aditamento do contrato com a Associação Mahatma Gandhi para gestão da UPA, a Unidade de Pronto Atendimento. A proposta levantou polêmica na última reunião do órgão, na quarta-feira (25), devido à intenção de reduzir serviços e profissionais. A votação da pauta acabou adiada.

A reportagem do Jornal O Regional não conseguiu acesso à íntegra da proposta, mas, segundo conselheiros, a intenção seria prorrogar o contrato por mais seis meses, redimensionando-o. Seria reduzido o teto de 10 mil para 8 mil atendimentos mensais. A alegação é que, em medição feita de setembro de 2019 até hoje, o atendimento da UPA está abaixo de 6 mil pessoas.

Segundo fonte contatada na Secretaria Municipal de Saúde, o aditamento reduziria acréscimos feitos devido à pandemia e também a quantidade padrão de atendimentos e médicos plantonistas, o que possibilitaria a redução de custos. No modelo atual, estariam previstos nove médicos nas 24 horas para atender 10.000 pacientes – o que não se confirma na prática.

Apuração feita pela reportagem demonstrou que a questão dividiu opinião entre os próprios conselheiros. O problema é que o contrato existente com o Mahatma Gandhi vence no dia 3 de setembro, próxima sexta-feira, o que impede a realização de qualquer tipo de licitação e dificulta um contrato emergencial com outra organização sem que o serviço seja interrompido.

A Prefeitura foi indagada sobre o tema, inclusive com relação ao motivo pelo qual a Secretaria Municipal de Saúde não iniciou nova licitação para a gestão da UPA em tempo hábil, tendo preferido apostar no aditamento. Não houve resposta até o fechamento desta edição.