Prefeitura poderá gastar até R$ 4,7 milhões em serviços de zeladoria na área ambiental

Falta de servidores suficientes é apontada como justificativa para o novo contrato

Prefeitura poderá gastar até R$ 4,7 milhões em serviços de zeladoria na área ambiental

Foto: DIVULGAÇÃO - Entre os serviços a serem licitados estão a roçada manual e mecanizada e a capina

Guilherme Gandini
Editor-Chefe
Publicado em 17/12/2021

A Prefeitura de Catanduva abriu concorrência pública para contratação de serviços de zeladoria para a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Agricultura. A licitação tem valor estimado em R$ 4,7 milhões anuais e as propostas serão conhecidas no dia 14 de janeiro. O contrato vai incluir fornecimento de equipamentos, materiais e mão-de-obra para as áreas públicas.

Entre os serviços previstos, estão a capina, roçada manual e mecanizada, poda de árvores, jardinagem, varrição de vias e logradouros públicos, recolhimento de galhos e entulhos, além da coleta e transporte de resíduos. O contrato terá vigência de 12 meses.

O edital prevê 30 auxiliares de serviços gerais, 10 operadores de máquina costal, motopoda e motosserra, 3 motoristas de caminhão, 3 caminhões, 1 caminhão munk com alcance mínimo de 15 metros com cesto e operador, 3 tratoristas e 3 tratores com roçadeira, 50 trabalhadores para varrição de ruas e coleta de resíduos, 5 podadores de árvores e 1 encarregado de equipe.

Para justificar a contratação, a Prefeitura argumenta não dispor de servidores em quantidade suficiente para prestação de serviços relacionados à limpeza pública – e cita, inclusive, o crescimento descontrolado da vegetação em praças, canteiros e demais áreas públicas em determinados períodos do ano, o que exige maior frequência da roçada e poda.