Prefeitura de Elisiário reorganiza cemitério e notifica famílias com sepulturas abandonadas

Foi estabelecido prazo de 30 dias para comprovação da aquisição dos túmulos

Prefeitura de Elisiário reorganiza cemitério e notifica famílias com sepulturas abandonadas

Foto: PREFEITURA DE ELISIÁRIO - Túmulos abandonados poderão ser assumidos pela administração pública

Guilherme Gandini
Editor-Chefe
Publicado em 09/01/2022

A Divisão de Tributos e Cadastros Imobiliários do município de Elisiário publicou chamamento direcionado às famílias que possuem sepulturas abandonadas no Cemitério Municipal. Segundo o órgão, está em andamento projeto de readequação e reorganização do local, visando uma melhor aparência e a melhoria dos serviços prestados à comunidade.

“Os restos mortais sepultados em túmulos abandonados, destruídos, sem conservação, sem nomes ou placas de identificação, uma vez que não tomadas as devidas providências por parte dos respectivos familiares, poderá cair em omisso, perdendo a propriedade e todos os direitos dela decorrente”, diz o comunicado, que também está disponível nas redes sociais.

Segundo a Prefeitura, as construções e os implementos existentes nos jazigos serão incorporados ao patrimônio do município, sem direito a indenização ou qualquer pagamento. Já os restos mortais serão exumados e colocados no ossuário municipal.

DOCUMENTAÇÃO

Todas as famílias que possuem entes no Cemitério de Elisiário, em sepulturas perpétuas ou não, devem apresentar documentação para comprovar a aquisição do referido túmulo. O prazo é de 30 dias. Depois, a Prefeitura iniciará os serviços para reaproveitamento de terrenos.