Prefeitos da região divulgam carta aberta confirmando não realização do Carnaval 2022

Movimento contou com a adesão de 17 municípios

Prefeitos da região divulgam carta aberta confirmando não realização do Carnaval 2022

Foto: DIVULGAÇÃO - Prefeitos da região, em evento da ACE, assinaram carta conjunta

Guilherme Gandini
Editor-Chefe
Publicado em 24/11/2021

De forma unânime, Catanduva e os municípios da região decidiram não realizar Carnaval em 2022. O movimento conta com adesão das Prefeituras de Catanduva, Santa Adélia, Pindorama, Palmares Paulista, Catiguá, Ariranha, Novo Horizonte, Novais, Tabapuã, Elisiário, Paraíso, Urupês, Marapoama, Irapuã, Sales, Fernando Prestes e Vista Alegre do Alto.

Em nota divulgada no início da noite de ontem, 23, a Prefeitura de Catanduva informou que o posicionamento coletivo é justificado como cautela, diante da pandemia da Covid-19 que, apesar da queda nos indicadores de contaminação e, ao mesmo tempo, avanço da imunização, ainda exige atenção.

“A responsabilidade com a vida fez com que a decisão fosse pela não realização do Carnaval de 2022. Dentre outros fatores, a fim de evitar aglomerações. Economicamente falando, o panorama atual não possibilita que os municípios injetem recursos em evento desse porte, levando em conta as dificuldades financeiras enfrentadas pelas cidades”, diz o texto.

Com menção ao compromisso de um “governo humanizado”, os prefeitos que assinam a carta se dizem abertos aos diálogos com as lideranças regionais e municipais. “na expectativa de que as festividades sejam retomadas, tão logo o cenário de instabilidade chegue ao fim”.

OUTRAS

No início da semana, a Prefeitura de Ibirá também anunciou o cancelamento do Carnaval 2022. A decisão foi tomada após reunião do prefeito Edvard Colombo, o provedor da Santa Casa local, José Ernesto Tavares, e membros da comissão organizadora do evento na segunda-feira, 22.

Anteriormente, a Prefeitura de Potirendaba também havia anunciado que não realizaria a festa popular no próximo ano. O evento, assim como Ibirá, é um dos mais tradicionais da região.