Por mais segurança, moradores da Vila Soto cobram limpeza e poda de árvore

Área pública tem sido utilizada por usuários de droga e pessoas má intencionadas

Por mais segurança, moradores da Vila Soto cobram limpeza e poda de árvore

Foto: O REGIONAL - Árvore cobre iluminação pública e mato alto atrai criminosos na Vila Soto

Guilherme Gandini
Editor-Chefe
Publicado em 07/01/2022

A rua Piracaia, na Vila Soto, está coberta por uma grande árvore na altura do número 211. A espécie de grande porte já alcança o outro lado da via. Apesar de toda a beleza natural, o local vem causando temor aos moradores e fieis que frequentam a Assembleia de Deus Arca da Aliança, situada bem em frente da área pública, que está totalmente tomada pelo mato.

“Queremos que a Prefeitura faça a limpeza de toda essa área e a poda dos galhos mais baixos da árvore, ampliando a visão nesse espaço e afugentando usuários de drogas”, indica o morador Ronaldo Cleber.

Ele afirma que a escuridão causada pela grande copa da árvore, que cobre a iluminação pública está causando riscos e atraindo pessoas má intencionadas.

A preocupação é compartilhada por Doraci Conceição Alves, presidente do bairro e da igreja. Segundo ela, a rua ainda ficou às escuras por três noites seguidas, da rua Taubaté até a Pirajuí, desde a chuva da segunda-feira. O caso, garante, é recorrente, após cada chuva mais forte. Um poste no cruzamento com a Taubaté, próximo aos predinhos, continua com problemas.

“Tive que deixar a luz da igreja acesa. Pagamos iluminação pública e não temos ela. Prefeito, socorre onde é mais necessário. Estamos vivendo esse caos na Vila Soto já faz tempo. Qualquer chuva que dá acontece isso daí. Tenho pedido socorro e não tem adiantado. Essa árvore imensa está atrapalhando os fios, precisa cortar, podar, é muito grande”, reclama.

Questionada, a Prefeitura de Catanduva informou que realizará poda no local em até uma semana.