PENEIRA FINA - 18.07.2021

COLUNA - Domingo

PENEIRA FINA - 18.07.2021

NINGUÉM ATENDE
Indignada do outro lado da linha, uma munícipe fez contato com a coluna para criticar a falta de administração no Terminal Rodoviário de Catanduva. Ela relatou que o número de telefone encontrado na lista telefônica e internet não conclui a ligação e que, para piorar, as próprias viações não costumam atender. Ela fez contato no gabinete do prefeito Padre Osvaldo e teria sido orientada pela secretária – pasmem – a pegar um mototáxi ou táxi para se deslocar até a Rodoviária para obter as informações desejadas. “Isso é um abuso”, esbravejou.

TEMA DELICADO
Vídeo produzido pelo Jornal O Regional sobre a situação dos moradores de rua dividiu opiniões. Já são mais de 6,6 mil visualizações. A Prefeitura se mobilizou para fazer vídeo sobre o mesmo tema e familiares dos cidadãos desabrigados fizeram contato com o jornal para falar que eles têm, sim, auxílio e apoio, mas que devido à dependência química preferem a vida nas ruas. Aos proprietários dos imóveis abandonados no Parque das Américas coube o papel de interditar o acesso até para evitar risco de incêndio causado por fogueiras nas noites frias.

SOCORRO
Moradores da Vila Engrácia buscam auxílio das autoridades diante do transtorno causado pela emissão de resíduos por uma indústria instalada no bairro. O pó amarelo, segundo eles, é gorduroso e toma conta de veículos, móveis e até dos telhados das residências. A situação piora na calada da noite – dizem. A empresa e a Cetesb não se manifestaram sobre o caso.

PEDIDO EM MÃOS
O empresário João César de Moraes esteve em Brasília e participou, no Palácio do Planalto, da solenidade de sanção pelo presidente Jair Bolsonaro da Medida Provisória que abre caminho para a privatização da Eletrobras. Acompanhado da deputada federal Carla Zambelli (PSL), João César entregou ao ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, ofício da Diretoria Executiva da Fundação Padre Albino solicitando a habilitação do Serviço de Radioterapia do Hospital de Câncer de Catanduva, o HCC. João César disse que ministro ficou de consultar sua agenda, mas que visitará a Fundação brevemente.

LUTO
Várias instituições divulgaram notas de pesar pelo falecimento precoce do advogado Heveraldo Galvão, ex-professor do Imes Catanduva, da Unifipa, Senac Catanduva, Unirp e Unilago. Ele tinha 47 anos e faleceu após complicações de uma pancreatite. De formação exemplar, tinha Mestrado em Direitos Coletivos, Cidadania e Função Social do Direito pela Unaerp e MBA em Gestão Empresarial pela USP. Atualmente era consultor jurídico do Sebrae e palestrante na área de Direito e Gestão de Negócios, além de ser chefe do Grupo de Escoteiros Cidade Feitiço.

ESPLANADA
Projeto comunitário está em andamento no Residencial Esplanada, conjunto de prédios situado na região do Gabriel Hernandez. Moradores do local reuniram-se com o prefeito Padre Osvaldo na sexta-feira, 16. O encontro com os munícipes é resultado de ação integrada entre a Coordenadoria de Habitação e Secretaria de Assistência Social e visa dar suporte técnico às famílias para que elas se organizem em iniciativas em benefício da coletividade.

REGULARIZAÇÃO
Proprietários de chácaras da Morada dos Executivos cobram da Prefeitura a regularização de áreas no local. O assunto foi trato em reunião do prefeito Padre Osvaldo no local. Ele estava acompanhado pela Trânsito e Planejamento, Maria Cristina Pinheiro Machado.

EXEMPLO I
Entre as boas notícias, destacamos na edição de hoje a história do aposentado Carlos Frezarin, que planta e cuida das árvores existentes na área verde da av. Eng. José Nelson Machado há mais de duas décadas. Diz ele que, no início dos anos 2000, recebeu mais de 6.000 mudas e passou a plantar um pouco por dia. Exemplo de cidadania e amor ao meio ambiente.

EXEMPLO II
Recém-inaugurada em Catanduva, uma sorveteria oferece atendimento através de uma intérprete de Libras e, também, disponibiliza cardápio em braille. A iniciativa é louvável e merece aplausos. Diríamos que é uma visão à frente do nosso tempo, sobretudo nos tempos difíceis que vivemos. Mas esperamos que ainda no momento presente possamos ver o exemplo ser seguido, pelo bem das pessoas com deficiência da nossa cidade.

NEGÓCIOS
Prestes a disputar sua segunda Olimpíada, o catanduvense Altobeli Silva prepare-se para correr também pelo mundo dos negócios. Em postagem nas redes sociais ele anunciou o lançamento da Assessoria Esportiva On-line Altobeli Silva. Já tem link e telefone para a consultoria, e site sendo preparado. O resultado positivo em Tóquio deverá impulsionar a nova jornada.