PENEIRA FINA – 31/07/2021

Coluna – Sábado

PENEIRA FINA – 31/07/2021

HOMENAGEM
O catanduvense Julinho Ramos foi homenageado pelo comando do Corpo de Bombeiros de São Paulo e recebeu do Coronel PM Valdir Pavão, o capacete e a medalha “Luz da Pátria”, que tem por objetivo homenagear civis que tenham prestado relevantes serviços ao estado de São Paulo, particularmente na área de ensino, capacitação e instrução da ciência de defesa civil e de bombeiros, bem como a população paulista.

04º COLOCADO
O vereador Marquinhos Ferreira (PT), é um edil veterano que retornou a Câmara Municipal neste ano. Considerado um oposicionista, Marquinhos apresentou nove projetos de lei e um projeto de lei complementar, além de 187 requerimentos, 62 indicações e 14 moções, totalizando 273 proposições. Neste primeiro semestre, Ferreira criticou o relacionamento da Prefeitura com a imprensa local.

03º COLOCADO
A medalha de bronze vai para a novata vereadora Taise Aparecida Braz (PT), que neste primeiro semestre apresentou nove projetos de lei e dois projetos de lei complementar. A edil petista também realizou 60 requerimentos, 35 indicações e 18 moções, em um total de 124 proposições, e presidiu as reuniões da Comissão da Câmara de Enfrentamento do Covid-19.

DONA CARMEM
A empresária e viúva do comendador Virgolino de Oliviera, Carmem Ruete de Oliveira, faleceu na madrugada de ontem, aos 93 anos de idade. Ela estava internada no hospital israelita Albert Einsten, em São Paulo. Dona Carmem, como era carinhosamente chamada, deixa três filhos: Carmem Aparecida Ruete de Oliveira, Virgolino de Oliveira Filho e Hermelindo Ruete de Oliveira. A toda família, deixamos os nossos sentimentos.

DENÚNCIA
O vereador Gabriel de Bonito, da cidade de Urupês, denunciou em vídeo, irregularidades em compras realizadas pelo prefeito Alcemir Cassio Greggio, o Bica. Segundo o vereador, o esquema envolve membros de uma mesma família, que com três empresas diferentes, superfaturavam os contratos e revezavam entre si na tentativa de não chamar a atenção. Gabriel encaminhou a denúncia para o Ministério Público.

CONSELHO DE ÉTICA
Enquanto isso.... O Conselho de Ética da Câmara Municipal de Rio Preto acatou a denúncia feita pelo PSOL contra o vereador riopretense Anderson Branco (PL) O PSOL acusa Branco de homofobia e pede que ele seja considerado improbo. As sanções vão desde uma simples advertência até a cassação do mandato.

BOLSONARO EM PRUDENTE
Hoje, o município de Presidente Prudente receberá a visita do presidente da República, Jair Messias Bolsonaro, que fará a inauguração do credenciamento junto ao Sistema Único de Saúde (SUS) do Hospital Regional do Câncer, agora com o nome de Hospital de Esperança. Depois de participar da atividade no hospital, Bolsonaro seria recepcionado no Recinto de Exposições da cidade em um evento organizado por entidades ruralistas com um almoço para até duas mil pessoas. Seria, mas em virtude de uma decisão judicial, o evento ruralista foi cancelado.

TERCEIRA VIA
Levantamento Paraná Pesquisa sobre a situação eleitoral presidencial para 2022 revela empate técnico entre o presidente Jair Bolsonaro (32,7%) e o ex-presidente petista Lula (33,7%), mas o grande destaque da pesquisa é o jornalista José Luiz Datena, que aparece com 7% das intenções de voto para presidente, firmando-se na liderança da “terceira via”, à frente de políticos tradicionais como Ciro Gomes e João Doria.

DATENA
O jornalista está só um pouco à frente de Ciro (7% a 6,8%), tem quase o dobro de Doria (3,9%) e põe Mandetta (1,8%) na zona de rebaixamento. Estar bem à frente de Doria nas pesquisas certamente dá um certo sabor especial para Datena. Os dois não se bicam. O Paraná Pesquisas ouviu 2.010 eleitores, entre os dias 24 e 28 de julho, em 155 municípios distribuídos nos 26 Estados e no DF.

URNA
Nunca se comprovou fraude em urna eletrônica, mas “não significa que não houve”, diz o professor Jeroen van de Graaf, da UFMG, em seu livro “O mito da urna eletrônica”, sobre a “(in)segurança” da votação.

A FRASE
“Vivemos em um mundo onde os normais são loucos, e os loucos são normais.” (Leandro Karnal, professor, historiador e escritor)