PENEIRA FINA – 18/09/2021

Coluna – SÁBADO

PENEIRA FINA – 18/09/2021

CALOR HUMANO

Na última quinta-feira, foi realizada, no auditório da Prefeitura Municipal, uma reunião com os moradores do residencial Horizon, para discutirem sobre o aumento do valor das parcelas, considerado por eles “abusivo”. Segundo um dos presentes ao evento, ao elogiar a presença de um grande número de pessoas, um secretário do Governo agradeceu por não ter a presença da Vigilância Sanitária, pois caso ocorresse uma fiscalização haveria o risco de uma multa. Mas vale destacar: o auditório foi cedido pela Prefeitura, para a realização do encontro e o padre nem compareceu, pois estava buscando verbas em Brasília. Registrado!

EXPLICAÇÕES

Na última sessão da Câmara, a vereadora Taise Braz (PT) usou a Tribuna Carlos Machado para comentar as notas que publicamos no último domingo, sobre o projeto de lei de iniciativa popular, encabeçado pelo ator e produtor Rafael Back e a possibilidade das vereadoras encabeçarem o PL. Segundo a nobre edil, “escrever um projeto demanda uma série de situações, demanda tempo, pesquisa, diálogos. Os projetos não são construídos assim de uma forma aleatória, pois nós temos todo esse cuidado para fazer toda essa pesquisa.” Ahh tá....

SEM VALIDADE

A vereadora petista também frisou que o vereador não tem uma prerrogativa para fazer qualquer alteração da disposição sobre cargos públicos. “Essa é uma responsabilidade do Executivo, do prefeito municipal. Se o projeto fosse apresentado por essa Casa, não teria validade”. Taise destacou que para ajudar a iniciativa, que é muito válida, o melhor seria encaminhar um requerimento, para que o prefeito e sua equipe avaliem a melhor forma de colocar esse projeto, para alcançar o objetivo.

AUTORIZATIVO

No primeiro semestre, a Câmara Municipal aprovou muitas leis que, no entendimento de alguns nobres edis, seriam “autorizativas” para o prefeito. Então fica a sugestão: alguém assuma o PL de iniciativa popular, para ver se no plenário seria aprovado, e enviado à Prefeitura, de forma autorizativa. Como mesmo disse a edil: “a intenção do projeto é louvável e acaba sendo um recado para os agressores de plantão para inibir qualquer tipo de violência”.

AGRADECIMENTO

Taise Braz (PT), ao finalizar o seu discurso na tribuna, agradeceu a imprensa local por trazer a discussão sobre o assunto, e considerou que isso fortalece a sua jornada política, fazendo um debate sério, com qualidade e embasamento técnico. Palavras que merecem aplausos, afinal a vereadora aceita e analisa as críticas realizadas.

MUDANÇAS NO STF

Na primeira sessão do Senado após os atos do dia 7, quando se destacaram as críticas ao Supremo Tribunal Federal (STF), o senador Lasier Martins (Pode-RS) defendeu mudanças na forma de escolha e indicação dos ministros do Tribunal, além da criação de mandatos para os membros.

EMENDA

Para o político gaúcho, nunca houve “clima tão adequado” no Senado para propor mudanças no STF através de emenda constitucional. A proposta de Lasier (PEC 35/2015) impõe mandato de dez anos aos ministros do STF, além de inelegibilidade por 5 anos após deixar a Corte. A escolha dos ministros sairia de uma lista tríplice elaborada pelos presidentes dos tribunais superiores, TCU, PGR e presidente da OAB.

CIRCULARES

Leitora entrou em contato com a coluna, para comentar sobre o transporte coletivo na cidade. Disse que é a favor do auxílio da Prefeitura para manter as linhas circulares. E foi mais além: também frisou ser a favor que a Prefeitura repasse mensalmente um subsídio para a empresa de ônibus e, em troca, a passagem dos ônibus circulares ficasse com valores menores. Tá dado o recado!

EM QUEDA

O número de resultados positivos para a Covid-19 nos testes rápidos nas farmácias segue em queda. Caiu para o menor patamar deste ano no levantamento realizado entre 30 de agosto e 5 de setembro pela Abrafarma, associação que reúne grandes redes de drogarias.

A FRASE

“Todos nós estamos numa fila invisível da morte onde ninguém sabe sua senha. O melhor dia de sua vida é hoje!.” (Cláudio Duarte, pastor)