PENEIRA FINA – 05/12/2021

Coluna – DOMINGO

PENEIRA FINA – 05/12/2021

BURACOS

Na sessão da Câmara Municipal, realizada na última terça-feira, alguns vereadores ocuparam a tribuna Carlos Machado para criticar o Executivo e o prefeito Padre Osvaldo (PSDB), em relação aos buracos e mato alto que está em toda a cidade. O edil Marquinhos Ferreira (PT) disse que a cidade tem buraco para todo lado. “Tem que ter um trabalho conjunto da Secretaria de Obras e do Meio Ambiente. Até março, tem que ser tampa buraco e corta mato”.

ATÉ BELLÊ RECLAMOU

O vereador Alexandre de Jesus Martin (Cidadania), o conhecido Bellê, também ocupou a tribuna para falar da “situação crítica da cidade”. Segundo o vereador, tem rua que não aceita mais tapa-buraco, pois “a coisa tá tão feia que só o recape para resolver. Todas as entradas de Catanduva é mato e buraco, e agora no final do ano, com a visita dos parentes, fico até com vergonha.” E ainda aproveitou para mandar um recado ao prefeito: “padre, como o senhor vai toda semana para São Paulo, pede para o secretário uma verba para recape. Não tem rua que não tem um buraco. Deve ser mais de 60% da cidade de Catanduva no buraco.”

BURACANDUVA

Em uma época da década de 90, Catanduva ficou conhecida “carinhosamente” como Buracanduva. Era tanto, que tinha buraco na calçada, esperando vaga para entrar na rua...

NOVO LOCAL

O humorista Léo Lins prometeu que faria o seu show neste domingo em Catanduva, e vai fazer mesmo. Depois de ser proibido de se apresentar no Teatro Municipal, o humorista realizará o seu show na Yellow Door Pub, e agora com duas sessões: a primeira, às 18 horas, com lugares disponíveis, e a segunda sessão, às 20 horas, com ingressos esgotados. Em sua rede social, Leo Lins enviou um novo recado: “Prefeito, se prepara para um exorcismo. Domingo nos vemos aí em Catanduva.”

DÚVIDA

Agora que sabemos, a data, hora e onde Léo Lins estará, será que o vereador Maurício Gouvea (PSDB) irá comparecer ao local?

TORCEDORES

Ao subir na tribuna, o vereador Alan Marçal (Progressistas) fazia uso da palavra, quando deu os parabéns aos “tricampeões da América”, mostrando qual o seu time de coração. Na mesma hora, o edil Luís Pereira (PSDB) retrucou: “estava indo tão bem...” O vereador Nelson Tozo (PDT), em tom de brincadeira solicitou: “Presidente, corta o microfone dele.” Marçal finalizou o discurso elogiando o presidente da Casa: “Está elegante hoje, com uma belíssima gravata verde”.

CLUBE DE CAMPO

O presidente da Câmara de Catanduva, vereador Gleison Begalli (PDT), está requerendo ao prefeito Padre Osvaldo (PSDB) informações no sentido de possibilitar a recuperação das atividades desenvolvidas no Clube de Campo Catanduva, que está desativado há anos.

DÉBITOS

Em requerimento, aprovado em plenário, Gleison questiona se o Clube de Campo possui débitos fiscais com a Prefeitura de Catanduva. Se houver débitos, que seja encaminhado um demonstrativo, contendo discriminadamente a natureza da dívida, o exercício da inadimplência e o respectivo valor devidamente atualizado até a presente data. O edil questiona sobre a possiblidade de o município intervir, dentro dos limites legais, para recuperar, através das vias de fato e de direito, as devidas condições de uso, no intuito de proporcionar o retorno das atividades que aconteciam no local.

DENÚNCIA SOBRE O GASA

Depois de noticiar com exclusividade em novembro, a edição de ontem de O Regional trouxe matéria falando sobre o Conselho Municipal dos Direitos LGBTs que encaminhou denúncia ao Ministério Público do Estado de São Paulo (MP) sobre o caso de Sheila Souza, paciente do Gasa - Grupo de Apoio e Solidariedade ao Paciente com Aids, que teve seu atendimento suspenso pela instituição. O Conselho fez reunião e ficou aguardando algum representante do Gasa – da diretoria ou representante – e ninguém apareceu, demostrando o nível de preocupação com o caso.

RECLAMOU, TÁ SUSPENSO

A pessoa atendida pelo Gasa há 20 anos, considerada como associada, foi afastada da sede e teve o seu atendimento suspenso por um ano, sem direito a cesta alimentação e ao vale-legumes. A Diretoria Executiva do grupo por decisão unânime resolveu aplicar a pena por 12 meses. O recado foi dado: se você está recebendo um benefício, não tem o direito de reclamar. Reclamou, tá suspenso. O Conselho Municipal dos Direitos LGBTs encaminhou todos os documentos ao Ministério Público e também para a Coordenadoria da Diversidade Sexual de SP para ser averiguado. Aguardemos os próximos capítulos...

DEMORA NA DECISÃO

Integrantes do PSD, aliados e pessoas no entorno do ex-governador Geraldo Alckmin, que está prestes a se desfiliar do PSDB, tentam convencê-lo de que o melhor caminho para ele é disputar o Governo de São Paulo e esquecer da ideia de ser candidato a vice numa chapa nacional encabeçada pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Amigos do “picolé de chuchu” têm alertado o tucano sobre os riscos da demora em definir qual o projeto irá encampar e a sigla à qual vai se filiar. Eles dizem que a lentidão para uma decisão, aliada aos gestos de que ele pode se unir ao petista, tem irritado parte do eleitorado que hoje estaria disposto a votar nele para o governo paulista. E bota irritação nisso...

A FRASE

“Os homens deviam ser o que parecem ou, pelo menos, não parecerem o que não são” (William Shakespeare, dramaturgo e poeta)