Microrregião será contemplada com Programa Água é Vida para reforçar segurança hídrica

Sete cidades serão beneficiadas, mas valores para cada uma não foram divulgados

Microrregião será contemplada com Programa Água é Vida para reforçar segurança hídrica

Foto: DIVULGAÇÃO - Ações preveem perfuração de poços profundos e revitalização de cursos d’água

Myllaynne Lima
Da Reportagem Local
Publicado em 09/10/2021

O Governo de São Paulo anunciou na quinta-feira, dia 7, o investimento de R$ 400 milhões em ações como perfuração de poços profundos em 120 cidades e revitalização de 3 mil quilômetros de rios em 260 municípios. Na microrregião de Catanduva, sete cidades serão beneficiadas: Ariranha, Embaúba, Novais, Paraíso, Pindorama, Santa Adélia e Tabapuã.

O Jornal O Regional questionou o valor que será investido nessas localidades, porém, a Secretaria Estadual de Infraestrutura e Meio Ambiente afirmou que o valor de cada município ainda não foi definido.

Coordenado pela Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente, o Água é Vida está dividido em quatro eixos principais: 'Águas Subterrâneas', 'Rios Vivos', 'Barramentos' e 'Cooperação Técnica com a Secretaria de Agricultura e Abastecimento'.

No eixo Águas Subterrâneas, o Estado vai investir R$ 141 milhões para perfurar 138 poços tubulares em 120 municípios que não são atendidos pela Sabesp. Os locais já foram mapeados pelo Departamento de Águas e Energia Elétrica (Daee) e também vão receber reservatórios de 200 mil litros, com entregas previstas para o primeiro semestre de 2022.

Já o Rios Vivos prevê a revitalização de cerca de 3 mil quilômetros de cursos d´água no período de um ano. A medida vai reforçar o abastecimento e ampliar melhorias na fluidez de rios e córregos, de forma a mitigar inundações.

O atendimento a 260 municípios deve começar no próximo mês de dezembro, sob investimentos de R$ 90 milhões. Esse eixo ainda prevê repasses estaduais de mais R$ 31 milhões na preservação de 40 mananciais e projetos de tratamento de esgoto.

“O Governo de São Paulo soluciona problemas do presente e planeja soluções para o futuro em todas as áreas, e o meio ambiente é uma das principais. Temos que proteger as bacias, águas subterrâneas e os rios. Aqui não há conflito entre meio ambiente e agronegócio, estabelecemos diálogo e construção de propostas. O programa ‘Água É Vida’ é um exemplo disso”, declarou o governador João Doria.