Manutenção de mudas em floresta de Rio Preto deverá custar R$ 296 mil à Saec

Licitação previa quase meio milhão de reais como valor estimado para o serviço

Manutenção de mudas em floresta de Rio Preto deverá custar R$ 296 mil à Saec

Foto: DIVULGAÇÃO - Área aos cuidados da Saec compõe a Floresta do Noroeste Paulista

Guilherme Gandini
Editor-Chefe
Publicado em 18/11/2021

A Superintendência de Água e Esgoto de Catanduva - Saec deverá firmar contrato com a empresa Ramadam & Figueiredo Construção, Comércio e Serviço no valor de R$ 296,6 mil para serviço de manutenção de mudas arbóreas replantadas após incêndio na Floresta do Noroeste Paulista. A área de proteção fica localizada entre São José do Rio Preto e Mirassol.

A empresa foi classificada em primeiro lugar na Tomada de Preços conduzida pela autarquia, que prevê a conservação de 23 hectares de mata, num total de 38,5 mil mudas. O local foi consumido pelas chamas em 2020 e foi cedido à Saec pelo Instituto Florestal.

A atividade atende Termo de Compromisso de Recuperação Ambiental (TCRA) firmado com a Cetesb em 2009 e renovado em 2015, referente ao licenciamento ambiental das obras da Estação de Tratamento de Esgoto.

O processo licitatório da Saec previa quase meio milhão de reais como valor estimado para o serviço. O edital descreve serviços de roçada, replantio de mudas, irrigação, adubação, controle contínuo de pragas, laudos e fotos e monitoramento quanto às queimadas.

FLORESTA

A Floresta Estadual do Noroeste Paulista, junto à Estação Ecológica e ao Instituto de Pesca, é considerada área de preservação permanente. Na Estação Ecológica, pesquisadores da Unesp promovem, por exemplo, estudos a respeito de ecossistemas, genética e botânica.

A área tem total de 500 hectares e está dividida em glebas pertencentes a diferentes instituições: Fatec, Unesp, Santa Casa de Misericórdia, Parque Tecnológico, além de áreas verdes públicas de São José do Rio Preto e de Mirassol.