Mais de dois mil catanduvenses fazem primeira prova do Enem neste domingo

Os portões dos locais de avaliação abrem ao meio-dia e fecham às 13 horas

Mais de dois mil catanduvenses fazem primeira prova do Enem neste domingo

Foto: ARQUIVO PESSOAL - A jovem Giovana Céspedes Furlan, 17, vai prestar a prova para cursar Turismo

Myllaynne Lima
Da Reportagem Local
Publicado em 21/11/2021

A primeira prova do Exame do Ensino Médio - Enem 2021 será aplicada neste domingo, dia 21 de novembro. Os portões dos locais de avaliação abrem ao meio-dia e fecham às 13 horas. A aplicação da prova começa às 13h30, a duração é de 5h30.

Em Catanduva, 2.078 estudantes vão prestar a prova de acordo com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira – Inep.

Nesta estatística está Giovana Céspedes Furlan, de 17 anos, que vai prestar a prova para cursar Turismo. Em entrevista ao Jornal O Regional, ela falou sobre expectativa e preparação para a prova.

“Minha expectativa é de medo e certo receio porque a prova é muito importante e vai definir meu futuro acadêmico e, devido aos últimos acontecimentos envolvendo-a, com questões censuradas e polêmicas, fico insegura. A preparação foi feita online por meio das aulas da escola, com todas as matérias e algumas redações complementares.”

Os candidatos farão no primeiro dia de prova questões sobre Linguagens, Códigos e suas Tecnologias; Ciências Humanas e suas Tecnologias; e a redação. No segundo dia do Enem, no domingo seguinte, haverá provas de Ciências da Natureza e suas Tecnologias e outras 45 de Matemática e suas Tecnologias.

De acordo com o edital, os itens obrigatórios e permitidos no dia do exame são: documento original com foto: RG, identidade expedida pelo Ministério da Justiça para estrangeiros e refugiados, passaporte, Carteira Nacional de Habilitação (CNH), Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS), entre outros. Não é válida a apresentação de carteirinha de estudante, crachá ou cópia do mesmo autenticada de documento original.

Também é obrigatório álcool em gel, máscara de proteção, cartão de confirmação de inscrição, caneta preta e lanche. Não é permitido telefone celular e quaisquer equipamentos eletrônicos – estes devem ser mantidos desligados e guardados no envelope de porta-objetos. Caso algum som seja emitido dos aparelhos durante a prova, o candidato será eliminado.

É proibido qualquer dispositivo que receba imagens, vídeos ou mensagens, além de óculos, bonés, chapéus, viseiras ou gorros.

COVID-19

O participante do Enem que apresentar sintomas de Covid-19 na semana que antecede o primeiro ou segundo dia não deverá comparecer ao local de prova e poderá solicitar a reaplicação do exame. O pedido deve ser realizado pela Página do Participante no site do Inep entre 29 de novembro e 3 de dezembro com a documentação que comprove a situação física do inscrito.

Como medida de prevenção à Covid-19, o Inep seguirá protocolo de biossegurança durante aplicação da prova. O uso de máscara de proteção, cobrindo totalmente nariz e boca, será obrigatório durante todo o período em que o participante permanecer no local de aplicação da prova, sendo permitido retirá-la apenas no momento da identificação, antes de acessar a sala de prova, para beber água e para se alimentar.

É permitido que o participante leve máscara reserva para trocar durante a aplicação, bem como frasco de álcool líquido ou em gel para higienizar as mãos. O Inep também recomenda que cada participante leve sua própria garrafa de água para consumo. Outra medida de prevenção é o distanciamento de 1,5 metro entre as pessoas antes da abertura dos portões, bem como nos corredores, nas filas para entrada em sala, no banheiro e em qualquer tipo de contato com a equipe de aplicação fora da sala de provas.