Instituto Federal debate impactos das queimadas na qualidade do solo em live

Atividade é alusiva ao Dia Mundial do Solo, celebrado ontem, 5 de dezembro

Instituto Federal debate impactos das queimadas na qualidade do solo em live

Foto: ARQUIVO / O REGIONAL - Evento do IFSP é aberto a toda comunidade com transmissão pelo Youtube

Myllaynne Lima
Da Reportagem Local
Publicado em 06/12/2021

Ontem, dia 5 de dezembro, foi celebrado o Dia Mundial do Solo. A data tem como objetivo promover a reflexão sobre o modo como a população trata a terra, além de lembrar quais os diversos benefícios do solo para a vida.

Em alusão à data, o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo – IFSP de Catanduva vai realizar nesta segunda-feira, dia 6, uma live com o tema 'Impactos das Queimadas na Qualidade do Solo'.

“No Brasil, principalmente na nossa região, ainda é muito comum o uso da prática da queimada como uma ferramenta de preparo das áreas agrícolas voltadas para o cultivo de lavouras, renovação de pastagens, controle/combate de pragas e doenças de plantas, etc. Entretanto, sabe-se que a queimada altera, direta ou indiretamente, as características físicas, químicas, morfológicas e biológicas dos solos, como o pH, teor de nutrientes e carbono, biodiversidade da micro, meso e macrofauna, temperatura, porosidade e densidade”, explica Thaís Minatel Tinós, docente e coordenadora do projeto de extensão AgroflorIF.

Segundo a educadora, as queimadas agravam o efeito estufa, pioram a qualidade do ar e da água e, consequentemente, afetam a saúde das pessoas. “O objetivo da live é discutir o tema e conscientizar a população sobre a importância do solo enquanto recurso essencial para nossa sobrevivência.”

A live vai contar com a participação do tenente Alonso Wendel Ferreira da Silva, comandante da Polícia Ambiental de Catanduva, e João Carlos Rocha Abdo, engenheiro agrônomo e consultor. O evento é aberto a toda comunidade e será transmitido às 17 horas, no canal do Youtube do IFSP Catanduva (www.youtube.com/IFSPCatanduva-ctd).