Gastos da Prefeitura no combate à Covid saltam para R$ 11,1 milhões em setembro

Montante representa despesa de R$ 941,60 por caso confirmado da doença

Gastos da Prefeitura no combate à Covid saltam para R$ 11,1 milhões em setembro

Foto: PREFEITURA DE CATANDUVA - Centro de Atendimento Covid foi uma das despesas contabilizadas em 2021

Guilherme Gandini
Editor-Chefe
Publicado em 21/10/2021

O município de Catanduva gastou R$ 11,1 milhões no enfrentamento à pandemia do novo coronavírus de janeiro a setembro de 2021. O valor consta em relatório atualizado do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo (TCE), que monitora despesas de todas as cidades paulistas.

De acordo com o sistema do TCE, o valor se refere ao total empenhado pelo poder público, sendo que R$ 8,7 milhões foram liquidados no sistema contábil da administração municipal e R$ 7,8 milhões efetivamente pagos aos fornecedores e prestadores de serviços.

O montante representa despesa de R$ 941,60 por caso confirmado da Covid-19 no ano – considerando-se 18.320 diagnósticos positivos contabilizados até setembro. É também equivalente a 3,6% da receita apurada do município, calculada em R$ 309,4 milhões.

Com relação aos repasses recebidos dentro deste exercício, foram R$ 843,7 mil, sendo R$ 122,4 mil do Estado e R$ 721,2 mil do Governo Federal. O restante foi obtido no ano passado, chegando a R$ 15,2 milhões destinados de forma específica para o combate à Covid-19.

Conforme o relatório, foram contratados R$ 918,8 mil com dispensa de licitação e o repasse para o terceiro setor desenvolver ações de combate à doença chega a R$ 4,6 milhões. Já o gasto com a mitigação do impacto da pandemia na rotina escolar foi de R$ 165,8 mil.

O município informou ao TCE que não contratou pessoal temporário para fins específicos de vacinação, não comprou seringas e/ou agulhas para fins específicos de vacinação contra a Covid-19, tampouco adquiriu ou recebeu equipamentos médico-cirúrgicos para esse fim.

INDICADORES

O levantamento do TCE também apresenta indicadores sobre a evolução da Covid-19 no município. Dos 18,3 mil casos registrados até setembro, 91% foram considerados leves e os outros 9%, portanto, graves. O índice de recuperação era de 96,42%. Já a letalidade, 3,42%. Foram coletados 68 mil exames e aplicadas 175 mil vacinas. Os óbitos totalizavam 627.