Comércio de Catanduva funciona em horário especial na véspera de Ano Novo

Lojas do Garden Shopping e comércio de rua terão expediente diferenciado na data

Comércio de Catanduva funciona em horário especial na véspera de Ano Novo

Foto: O REGIONAL - Comércio de rua vai atender na sexta-feira, dia 31, das 8h às 14h

Myllaynne Lima
Da Reportagem Local
Publicado em 29/12/2021

Após a semana do Natal, os setores de comércio e serviços esperam pelos consumidores para os gastos de Ano Novo. O Sindicato do Comércio Varejista – Sincomercio e o Garden Shopping divulgaram o horário de atendimento das lojas de Catanduva na véspera de Ano Novo.

O comércio de rua vai atender na sexta-feira, dia 31, das 8h às 14h. As lojas do shopping também terão atendimento especial, das 10h às 18h. As lojas do centro atendem até quinta-feira, das 8h às 18h e o shopping das 10h às 22h. Em 1º de janeiro de 2022, data em que é celebrada a chegada do Ano Novo, os estabelecimentos estarão fechados.

Uma pesquisa da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), em parceria com a Offer Wise Pesquisas, revela que os gastos podem ser altos. Segundo o levantamento, em média, os consumidores brasileiros devem gastar R$ 312,04 com as comemorações da virada do ano.

A pesquisa ainda mostra que 51% dos entrevistados que vão comemorar a data pretendem comprar roupas, calçados e acessórios para usar na passagem de ano. Os gastos com vestuário devem ser em média de R$ 239,54.

Para os supersticiosos, a cor da roupa também é um detalhe que será levado em consideração nas comemorações da virada. De acordo com o levantamento, 42% pretendem usar branco, 6% amarelo e 6% azul. 23% dos entrevistados afirmam que não ligam para isso.

As simpatias de Ano Novo também não ficarão de fora para 36% dos entrevistados, principalmente para ganhar mais dinheiro (18%), conseguir um emprego (8%), para conseguir pagar as dívidas (8%) e para emagrecer (7%).

O levantamento aponta ainda que 36% dos entrevistados pretendem festejar em casa, enquanto 12% vão viajar e 10% pretendem passar a virada na casa de outros parentes.