Catanduvense reclama de burocracia para retirar saquinho de leite distribuído pela Vaca Mecânica

Renata Luciano relatou que a entrega tem horários específicos e com atendimento limitado

Catanduvense reclama de burocracia para retirar saquinho de leite distribuído pela Vaca Mecânica

Foto: DIVULGAÇÃO - Leite produzido pela Vaca Mecânica é distribuído para famílias cadastradas no CRAS

Myllaynne Lima
Da Reportagem Local
Publicado em 01/12/2021

O Jornal O Regional recebeu reclamação sobre a distribuição de saquinhos de suco e leite de soja produzidos pela Vaca Mecânica. A doméstica Renata Luciano relatou que a entrega ocorre em horários específicos e com atendimento limitado.

Renata conta que, anteriormente, a distribuição para as famílias cadastradas era feita das 8h às 17h. “O atendimento no CRAS Juca Pedro é de segunda, terça e quinta-feira, mas tenho que estar no local às 6 horas da manhã. O pessoal é atendido às 7 horas. E o restante do horário? Catanduva está a desejar. E um idoso que precisa de uma cesta? Tem que acordar às 6 horas para estar lá. Antes não era assim, nós tínhamos atendimento todos os horários. É um absurdo.”

Ela relata ainda que, para receber o leite, o filho de quatro anos precisa faltar na creche. “Eu trabalho com faxina, não sou registrada, tenho que levar meu filho na creche para depois ir receber o leite, mas com o horário de atendimento do CRAS, meu filho tem que faltar na creche para eu ir buscar o leite. É injusto isso.”

Renata explica que o atendimento não é realizado quando o número é superior a 12 pessoas. “Os funcionários informam que temos que estar antes das 7 horas da manhã, se tiver mais de doze pessoas não posso ser atendida, tenho que voltar pra casa sem o benefício.”

A equipe do Jornal O Regional encaminhou a reclamação para a Prefeitura de Catanduva. Até o fechamento desta edição, não houve resposta.