Bolsonaristas exaltam resultados do 7 de Setembro e minimizam suposto recuo do presidente

Postura dos dois empresários difere de militantes e adoradores nas redes sociais

Bolsonaristas exaltam resultados do 7 de Setembro e minimizam suposto recuo do presidente

Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom - Bolsonaro participou de ato pró-governo na Esplanada dos Ministérios, em Brasília

Guilherme Gandini
Editor-Chefe

O movimento feito pelo presidente Jair Bolsonaro, com suposto recuo dias após ameaçar descumprir ordens do Supremo Tribunal Federal e incitar seus apoiadores contra os ministros da Corte, recebeu apoio de suas duas principais lideranças em Catanduva: os empresários João César de Moraes e Ricardo Rebelato. Ambos também exaltaram os resultados do 7 de Setembro.

“Bolsonaro agiu dentro do que ele vem pregando, dentro das quatro linhas da Constituição. Uma coisa é o discurso dentro do cercadinho, ele faz discurso político. Outra coisa é dentro do Palácio do Planalto. São coisas distintas. Fora, ele dá recado pra mídia, para A, B ou C, é o modus operandi de ele trabalhar. Não saberíamos nada da corrupção, de tudo que está acontecendo, se ele não fizesse isso, acho um lado muito positivo”, ressalta Moraes.

“Não me espanta a atitude do Presidente, já que sempre foi frisado que ele governaria dentro das quatro linhas da constituição. Acredito que todas as atitudes desde o dia 7 de setembro foram estrategicamente pensadas”, frisou Rebelato.

A postura dos dois empresários difere de muitos militantes e adoradores que, nas redes sociais, oscilaram entre o apoio incondicional ao presidente e queixas sobre a atitude. Até mesmo extremistas fiéis a Bolsonaro sentenciaram em suas contas no Twitter: “Game Over”.

“Sigo confiando no nosso Presidente. Foi comprovado durante as manifestações que o povo brasileiro apoia Jair Bolsonaro independente de qualquer coisa. Os cidadãos de bem foram às ruas não só em São Paulo e Brasília como por todo o País e por mais que a grande imprensa tente derrubar, sabemos do grande potencial que Bolsonaro tem para governar e colocar o nosso Brasil de volta no eixo. Continuo acreditando em Jair Messias Bolsonaro. Sei que é o melhor para o nosso Brasil”, sentenciou Rebelato.

Na mesma linha, João César de Moraes relembrou conquistas de Bolsonaro em várias áreas. “Ele tem agido com os ministros da melhor forma possível, tanto na economia que está se recuperando rapidamente, na infraestrutura está terminando obras inacabadas, obras de 30 anos, com pouco está fazendo muito, na agricultura está batendo recorde em cima de recorde.”

Moraes ressaltou que o manifesto de terça-feira mostrou o tamanho do apoio que Bolsonaro tem. “Fazendo as contas, São Paulo, Brasília, Bahia, Fortaleza, Rio de Janeiro, segundo os especialistas passou de 30 milhões de pessoas nas ruas. Imbatível”, e completou que o pedido o presidente direcionado aos caminhoneiros para liberação das rodovias foi por pensar no país.

“Ele sabe que vai continua mais quatro anos e o problema econômico vai estourar no colo dele. A escassez de produtos aumenta a inflação, vai estourar na mão dele. Em 2018, quando teve aquela greve, ele como pré-candidato, pediu para que os caminhoneiros voltassem, então ele não fez nada diferente agora. Não é de se estranhar, ele está pensando no país. Como vai botar a perder se ele que vai sofrer depois, ele luta pelo Brasil e não é um projeto pessoal”, completou.