Bax Catanduva e Catanduva FC conquistam verbas públicas pela Lei Estadual de Incentivo

Secretaria de Esportes de SP aprovou três projetos apresentados pelos clubes locais

Bax Catanduva e Catanduva FC conquistam verbas públicas pela Lei Estadual de Incentivo

Foto: BAX CATANDUVA - Projeto do Bax Catanduva foi aprovado pelo terceiro ano consecutivo

Guilherme Gandini
Editor-Chefe
Publicado em 02/11/2021

A Secretaria de Esportes do Estado de São Paulo divulgou no sábado, dia 30 de outubro, o resultado da avaliação dos projetos inscritos no Edital de Chamamento Público SESP nº 04/2021. A lista contempla o Bax Catanduva e o Catanduva Futebol Clube. Ambos receberão recursos pelo Programa de Incentivo ao Esporte para desenvolver ações esportivas no ano de 2022.

De acordo com a presidente da Associação Cultural e Esportiva de Catanduva, Natália Burian, que também é dirigente do Bax, a entidade apresentou outros dois projetos que ficaram na suplência do programa – eles buscavam recursos para as áreas de rugby e xadrez.

“O projeto do Bax foi aprovado pelo terceiro ano consecutivo, sem nenhuma glosa. Eu fico feliz de sermos contemplados mais uma vez. Conseguimos ainda a vinda da Copa São Paulo, por causa do Bax, além de uma verba de R$ 250 mil que será dividida para as categorias de base de basquete e handebol, para fomentar a formação de atletas no ano que vem”, celebra.

Ela fez questão de agradecer aos apoiadores do Bax e direcionou elogios à Secretaria Estadual de Esportes, a popular Selj, referência à nomenclatura anterior de Secretaria de Esportes, Lazer e Juventude. “A Secretaria de Esportes tem visto as qualidades que a gente tem e os talentos que podem ser revelados. Muita gente não conhece o belo trabalho que a Selj faz pelo esporte.”

Já o Catanduva Futebol Clube conseguiu aprovação para dois projetos direcionados à formação de atletas nas categorias sub-15 e sub-18. A proposta engloba 40 adolescentes de cada grupo. Outro projeto foi apresentado para a categoria sub-13, mas ficou na lista de suplentes.

De acordo com a Secretaria de Esportes, foram contempladas ações voltadas à promoção e desenvolvimento do esporte, mediante projetos que possuam caráter social, educacional, formação, participativo e rendimento, sempre voltado para a valorização da prática esportiva como instrumento de inclusão social e valorização do ser humano, especialmente crianças e adolescentes em idade de formação de relações sociais de convivência e consciência moral.

Agora, o Bax e o Santo precisam apresentar a documentação final de seus projetos, tais como plano de trabalho, planilhas e anexos, até o dia 5 de novembro para garantir o subsídio. Os valores de cada projeto não foram divulgados.