Enviado dos EUA para clima vê 60% de chance de limitar aquecimento

John Kerry falou a prefeitos do mundo inteiro na COP26

Enviado dos EUA para clima vê 60% de chance de limitar aquecimento

Foto: REUTERS - Kerry também destacou a importância de o mundo atingir seu objetivo de reduzir pela metade as emissões globais até 2030 se quiser chegar à emissão líquida zero até meados do século

Agência Brasil/Reuters

O enviado dos Estados Unidos (EUA) para questões climáticas, John Kerry, disse nesta quarta-feira (3) que os compromissos atuais de redução das emissões de carbono significam que o mundo tem 60% de chance de limitar um aumento médio da temperatura a 1,5 grau Celsius.

Falando em um café da manhã a prefeitos de todo o mundo, durante a conferência da Organização das Nações Unidas (ONU) sobre o clima em Glasgow, na Escócia, Kerry afirmou que, com os compromissos recentemente assumidos durante a COP26, cerca de 65% do Produto Interno Bruto (PIB) global estão agora cobertos por planos de mudança climática implementáveis.

"Mas isso significa que 35% não estão. E não podemos fazer isso sem esses 35%", observou Kerry. "Você não consegue fazer isso a menos que todos nós estejamos dentro."

Ele também destacou a importância de o mundo atingir seu objetivo de reduzir pela metade as emissões globais até 2030 se quiser chegar à emissão líquida zero até meados do século.

"2050 também já era se você não chegar a 2030", acrescentou.