Alemanha detecta mais um caso de peste suína africana

PSA já havia sido encontrada em duas fazendas próximas no fim de semana anterior

Alemanha detecta mais um caso de peste suína africana

Foto: Reuters - A doença não afeta humanos, mas é fatal para porcos

Agência Brasil

Um terceiro caso de peste suína africana (PSA) em animais de fazendas foi confirmado durante o fim de semana no estado de Brandemburgo, no leste da Alemanha.

De acordo com o Ministério da Saúde de Brandemburgo, o caso foi detectado em uma pequena fazenda com quatro porcos, localizada dentro da área de restrição onde a doença é comum entre javalis selvagens.

A PSA já havia sido encontrada em duas fazendas próximas no fim de semana anterior.

A China e uma série de outros países compradores de carne suína proibiram importações da proteína proveniente da Alemanha em setembro de 2020, depois que o primeiro caso de PSA foi confirmado em animais selvagens.

A descoberta da doença em fazendas não deve causar grande impacto nas exportações de carne suína da Alemanha, já sujeitas a restrições de diversos importadores de fora da União Europeia, disseram especialistas.

A doença não afeta humanos, mas é fatal para porcos. Muitos países impõem proibições à carne suína de regiões afetadas pela PSA.