Catanduva perde os três pontos dentro de casa, mas segura a 4ª posição

Time precisa vencer com saldo de gols e torcer por resultados para se classificar

Catanduva perde os três pontos dentro de casa, mas segura a 4ª posição

Fotos: FRAN ZANINI - Santo começou bem o torneio, mas teve tropeços dentro de casa

Da Reportagem Local

O Catanduva Futebol Clube vive situação dramática na reta final da primeira fase do Paulista da Segunda Divisão. Com um início de temporada positivo, o time confiava na evolução, mas derrapou com empates e derrotas. Após empatar com o América Rio Preto, o Santo sonhava com três pontos dentro de casa para entrar na Z3 de classificação, o que também não ocorreu.

O jogo da quarta-feira, 22, diante da Matonense, teve como único ponto positivo dos 45 minutos iniciais uma matada no peito do centroavante Iacovelli dentro da pequena área.

Conseguindo invadir a defesa, aos 38 minutos, o adversário abriu o placar após uma invasão por meio da zaga. Na volta do segundo tempo, o Catanduva veio mais ágil, porém, o nervosismo era aparente, o que deu abertura para a Matonense chegar ao segundo gol na bola parada.

O técnico Rafael Stucchi mexeu no meio de campo e, após a entrada de Bryam, o Santo diminuiu aos 27 minutos, com boa finta de Bertuol, vendo que o goleiro estava adiantado, passou para Bryam mandar a bola para o fundo do gol. O time até tentou o empate no último minuto, com um chute rasteiro de David, fazendo a bola raspar na trave. Final: Catanduva 1 x 2 Matonense.

Com os tropeços dentro de casa, o Catanduva ficou com 12 pontos, na 4ª colocação do Grupo A. Se quiser garantir a 16ª vaga para a próxima fase, como o melhor 4º colocado da competição, precisa vencer a última partida da primeira fase com saldo de gols positivo e torcer para outros resultados. O jogo será neste domingo, 26, fora de casa, contra a já classificada Inter de Bebedouro.